artigos
Convibra Conference - Design Thinking como ferramenta de gestão e inovação em um hospital universitário: Relato de Caso
Design Thinking como ferramenta de gestão e inovação em um hospital universitário: Relato de Caso

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Inovações em Gestão da Saúde

Acessos neste artigo: 95


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Larissa Cândida De Sousa Diniz , Letícia Ferreira Machado

ABSTRACT
A inovação tem sido uma ferramenta cada vez mais utilizada para enfrentar desafios complexos, dinâmicos e contexto-específicos encontrados nos hospitais públicos. Nesse cenário, abordagens como o Design Thinking tornam-se importantes. Por isso, o objetivo deste trabalho é relatar a experiência da utilização do Design Thinking no Hospital das Clínicas da UFMG, com foco na resolução de gargalos de gestão do hospital, previamente selecionados. A metodologia utilizada foi um Workshop Digital em parceria com o PROADI-SUS e o Hospital Israelita Albert Einstein, realizado em 4 dias de imersão integral (9h às 18h) dos 42 participantes, divididos em sete equipes multidisciplinares formadas por estudantes, professores e profissionais da área da saúde, coordenados por um Professor do Hospital Israelita Albert Einstein. Dividido em três fases (imersão, ideação e prototipação), cada grupo desenvolveu o Design Thinking na resolução de um problema específico. Para avaliação final, foi feita uma apresentação em formato pitch, com um grupo vencedor, o qual apresentou a ideia inovadora mais viável, fundamentada e persuasiva. Como resultado, apresentamos mais especificamente aqueles relacionados ao grupo vencedor, que trabalhou o problema da comunicação intersetorial. Foram elucidados desafios importantes, e, como solução, foi apresentada a adoção estratégica do Microsoft Office/Teams, uma ferramenta já disponível no hospital, com possibilidade de implementação imediata sem custo adicional. Após a implantação do projeto, uma pesquisa com as chefias de setores/unidades mostrou resultados positivos sobre a utilização da ferramenta, além de propostas de melhoria. Portanto, pôde-se concluir que a metodologia teve boa aplicabilidade no contexto do HC-UFMG, proporcionando mudança significativa na comunicação interna do hospital. 

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Ana Maria Rodrigues Moreira 21-10-2021 20:09:44

Excelente trabalho, descrição de caso precisa. Leitura bem agradável. Parabéns !

Foto do Usuário Marília Savergnini Emídio 22-10-2021 07:43:04

Ótimo relato de caso! O design thinking, por estimular o processo de pensamento crítico, se torna uma excelente ferramenta de gestão. Parabéns!

Foto do Usuário Bárbara Festa Gomes 23-10-2021 11:42:55

Trabalho muito pertinente e bem escrito, gostei muito da temática pois desconhecia essa ferramenta, acerca do que pude compreender, gostaria de saber se o Design Thinking seria então uma forma de colocar em prática as premissas teórico-filosóficas da Educação Permanente em Saúde? Visto que esta articula em sua proposta as áreas de educação, saúde e gestão, contribuindo para a reorganização das práticas de saúde, como estratégia político-pedagógica que valoriza os saberes individuais e que visa a mudança do SUS em direção às práticas baseadas em evidências.

Foto do Usuário Franciele Carolina Barbosa 27-10-2021 00:46:46

Relato muito importante para mostrar o quanto a gestão de saúde pode ser enriquecida através de ferramentas novas.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.