artigos
Convibra Conference - Comunicação de más notícias aos familiares em unidade de emergência: dilemas éticos de profissionais de saúde
Comunicação de más notícias aos familiares em unidade de emergência: dilemas éticos de profissionais de saúde

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Educação, formação e treinamento em saúde

Temas Correlatos: Educação, formação e treinamento em saúde;

Acessos neste artigo: 14


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Lorraine Alves De Souza Santos , Marluce Alves Nunes Oliveira , Elaine Guedes Fontoura , Maryana Carneiro De Queiroz Ferreira , Thamara Arianny Ventin Amorim Oliveira De Assis , Anna Carolina Oliveira Cohim Silva

ABSTRACT
As más notícias comunicadas na emergência podem estar associadas a desfechos críticos: avanços insatisfatórios do quadro clínico, assistência de saúde ineficiente à condição do paciente etc., gerando sentimentos aflitivos aos envolvidos na assistência. Os profissionais de saúde podem vir a deparar-se com dilemas éticos nesse tipo de comunicação, já que será tocante para os receptores da informação. Assim, é preciso que esses profissionais tenham preparação técnica e emocional, atendendo a princípios éticos. O estudo objetiva identificar dilemas éticos vivenciados pelos profissionais de saúde na comunicação de más notícias e descrever medidas de ação para prevenção de dilemas éticos na comunicação de más notícias aos familiares. Estudo qualitativo, participaram seis profissionais emergencistas, de um hospital estadual e público, em Feira de Santana, BA. Projeto aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Estadual de Feira de Santana pelo Certificado de Apresentação de Apreciação Ética no 2865214.9.0000.0053. Dados coletados em fevereiro 2021, através de entrevista semiestruturada e analisada conforme proposta de Martins e Bicudo. Como resultados obtiveram-se duas categorias: Dilemas éticos vivenciados ao comunicar más notícias aos familiares e Prevenção de dilemas éticos ao comunicar más notícias aos familiares. Foi revelado que os profissionais de saúde vivenciam dilemas éticos ao comunicar óbito e também por falta de habilidade do profissional. Como formas de prevenção de dilemas éticos: acolhimento, ser empático, manter o sigilo, suporte junto ao serviço social. Conclui-se que os profissionais de saúde devem adotar protocolos ao comunicar más notícias, como o SPIKES, que consiste em uma ferramenta composta por seis etapas. Portanto, é importante a educação continuada ao comunicar as más notícias, a fim de promover acolhimento aos pacientes e familiares, prevenindo complicações e dilemas éticos, por se tratar de um processo doloroso aos envolvidos.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.