COMPORTAMENTO DE COMPRA DOS CONSUMIDORES DE PRODUTOS ERÓTICOS EM UM MUNICÍPIO DO INTERIOR DO NORDESTE BRASILEIRO

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Marketing

Temas Correlatos: Marketing;

Acessos neste artigo: 448


Certificado de publicação:
Certificado de Suzana Virgínia Da Costa Regis

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Wisllany Mayara Ferreira Dos Santos , Agostinha Mafalda Barra De Oliveira , Aline Francilurdes Nery Do Vale , Suzana Virgínia Da Costa Regis , Suely Xavier Dos Santos

ABSTRACT
O presente estudo tem como objetivo descrever o comportamento do consumidor de produtos eróticos em um município do interior do nordeste brasileiro. A pesquisa caracteriza-se como descritiva e de cunho quantitativa, com dados obtidos por meio de questionários, aplicados a uma amostra de 105 consumidores. Concluiu-se, dentre outras questões, por meio de análise descritiva simples, que a maioria dos consumidores de produtos eróticos são mulheres heterossexuais, que estão em algum relacionamento amoroso, com 20 e poucos anos e que não possuem filhos, da classe D ou E. Em relação ao processo decisório de compra destacaram-se a influência dos amigos e a importância do vendedor em despertar o desejo dos consumidores e informar os benefícios dos produtos eróticos; principalmente dos cosméticos, que são os mais consumidos; e, nas lojas virtuais, local de preferência desses consumidores. 

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Cesar Nildo Alves Lisboa Filho 19-10-2021 10:23:36

Parabéns pela pesquisa, texto perfeito e conteúdo completo.

Foto do Usuário Jaqueline Silva Da Rosa 05-11-2021 07:03:24

Parabéns aos autores! Me chamou a atenção a classe social D e E dessas mulheres e ainda a questão de preferirem lojas virtuais, poderíamos pensar que essas mulheres sentem vergonha de serem consumidoras desses produtos? ou é reflexo da pandemia? Ou os dois? Sua religião? Uma dúvida: mencionou-se ''vendedor'', fiquei pensando se preferem lojas virtuais, esse vendedor é virtual? se loja física, esse vendedor é do sexo masculino? não seria vendedora? será que o sexo do vendedor influenciaria?

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.