artigos
Convibra Conference - MODELOS PREDITIVOS DE INSOLVÊNCIA PARA AS EMPRESAS DO SEGMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL LISTADAS NA BOVESPA: UM ESTUDO COMPARATIVO
MODELOS PREDITIVOS DE INSOLVÊNCIA PARA AS EMPRESAS DO SEGMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL LISTADAS NA BOVESPA: UM ESTUDO COMPARATIVO

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Finanças

Temas Correlatos: Finanças;

Acessos neste artigo: 340


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Lissandra Da Costa Araújo , Fábio Chaves Nobre , Liana Holanda Nepomuceno Nobre

ABSTRACT
Esta pesquisa objetiva evidenciar diferenças médias estatisticamente significativas entre os modelos preditivos de insolvência de Kanitz, Elizabetsky, Matias, Altman e Pereira no setor de construção civil de empresas listadas na bolsa de valores brasileira. Desta forma, o setor é composto por 21 empresas foram analisados, inicialmente, por meio da estatística descritiva e correlação entre os modelos e, por fim, a utilização da análise de variância para identificar se há diferenças de médias significativas entre os modelos. Os resultados apontam que os modelos de Kanitz, Altman e Pereira indústria apresentaram fatores de solvência na média geral, o modelo de Elizabetsky, insolvente, bem como os modelos de Matias e Pereira comercial. Os modelos apresentaram diferenças estatisticamente significantes entre eles com três exceções, ou seja, Elizabetsky versus Altman, Matias versus Pereira Indústria e, por fim, Pereira Indústria versus Altman.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Derivan Galdino França 22-10-2021 21:34:08

Estudo cumpriu com seu objetivo, como sugestão utilizar uma linguagem mais explicativa, onde tive um pouco de dificuldade de entender, no mais artigo consistente, parabéns. Pergunta: O objetivo não foi esse, mas tem um modelo ideal a se utilizar, ou vai depender de cada situação?

Foto do Usuário Camila Araujo Machado 30-11-2021 13:21:04

Ótima pesquisa pois proporciona conhecer os modelos de risco. Sugiro como melhoria justificar a escolha do setor com base no reconhecimento das receitas e recebimentos. Por exemplo, as receitas são reconhecidas a partir da concretização da operação de compra e venda: as unidades concluídas são reconhecidas na data da assinatura e as em fase construção serão reconhecidas conforme o percentual de obra concluída. Os recebimentos ocorridos antes da finalização que excederem a receita já reconhecida, conforme a fase de execução da obra, serão registrados como adiantamento de clientes no passivo circulante. Assim, tais informações afetam informações do lucro e da capacidade de pagamento da empresa.

Foto do Usuário Cleria Centa 30-11-2021 14:07:00

Achei bastante interessante o trabalho, e parabenizo. Uma pesquisa que nos faz pensar e analisar o quanto é importante a analise dos impactos. podemos aplicar em qualquer scenário?

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.