artigos
Convibra Conference - Germination Potential of Cerrado Native Species as Affected By Cultivation Environment
Germination Potential of Cerrado Native Species as Affected By Cultivation Environment

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agricultura

Temas Correlatos: Fisiologia;

Acessos neste artigo: 43


Certificado de publicação:
Certificado de Flávia Marques De Brito

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Flávia Marques De Brito , Milena Rodrigues Luz , Luan Dos Santos Silva , Rafael De Souza Miranda , Séfora Gil Gomes De Farias

ABSTRACT
The study aimed to evaluate the germinative potential of native forest species in south of Piauí in different cultivation environments. Four species native to Brazil (jatobá, faveira, white angico and ipê purple) were subjected to treatments that consisted of two distinct environments (Biochemical Oxigen Demand - BOD and forest nursery). Were analyzed: germination percentage, germination speed index, average germination time and seedling fracture. BOD germination chamber allows greater germination potential for faveira, white angico, ipê and jatobá species, with a greater germination percentage and germination speed index of germinated seeds. However, germination potential of the jatobá is reduced under nursery environment. Moreover, Ipê seeds display low germinative potential as compared to other studied species, for all investigated environments.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Alessandro Borini Lone 27-04-2021 15:54:29

Trabalho com temática de extrema importância para contribuir com a recuperação de áreas degradadas! Parabéns aos autores! Seria importante realizar uma análise estatísticas nos dados, para efeito comparativo entre as espécies e ambientes. Seria importante que esse estudo continuasse, envolvendo o desenvolvimento de metodologias para a produção de mudas e recomposição das áreas.

Foto do Usuário Wállas Matos Cerqueira 06-05-2021 18:40:43

Parabéns aos envolvidos neste estudo! A temática escolhida é muito importante e poderá contribuir para trabalhos futuros, além do mais, poderá contribuir para projetos de recomposição florestal/recuperação de área degradadas. Germinar espécies nativas é difícil, é preciso conhecer as espécies, os mecanismos de proteção, de tolerância etc. Gostaria de saber porque o ipê roxo obteve baixo potencial germinativo em relação as outras espécies nos diferentes ambientes?