artigos
Convibra Conference - COMPONENTES DE RENDIMENTO DE DIFERENTES CULTIVARES DE TRIGO
COMPONENTES DE RENDIMENTO DE DIFERENTES CULTIVARES DE TRIGO

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agricultura

Acessos neste artigo: 44


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Emanuel Weiss Pires , Luara Silva Pereira , Jefferson Eduardo Dall Alba , Gustavo Gomes Borges Da Silva , Marlon Fidel De Paula Pin , Paulo Adami

ABSTRACT
A produtividade do trigo assim como em outras culturas de grãos é dependente do bom manejo e de fatores bióticos e abióticos para um bom rendimento. O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial produtivo de seis cultivares de trigo com diferentes ciclos, sendo elas, Sonic de ciclo superprecoce; Audaz (Precoce); Duque (Precoce); Noble (Precoce/Médio); Toruk (Médio); e Sinuelo (Médio/Tardio) em delineamento de blocos ao acaso, com três repetições. O experimento foi desenvolvido na área experimental da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Câmpus Dois Vizinhos. Ao final do experimento foram avaliadas as seguintes variáveis: número de espigas por metro quadrado; número de espiguetas por espiga; número de grãos por espigueta; número de grãos por espiga; massa de mil grãos (g); e produtividade de grãos (kg ha-1). A produtividade por área do trigo está correlacionada com o somatório dos componentes de rendimento, quando um determinado componente de rendimento apresenta baixo valor é compensado por outro componente, devido a plasticidade no comportamento produtivo do trigo. A massa de mil grãos é determinante para o maior rendimento de grãos por hectare. As cultivares de ciclo precoce exibiram maior peso de mil grãos e rendimento produtivo em relação a cultivares de ciclos mais longos, por ficarem menos tempo expostas no campo a condições bióticas e abióticas.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Gilcimar Adriano Vogt 22-04-2021 13:48:41

O trabalho apresenta-se relevante e apresenta dados e informações importantes à cadeia produtiva de grãos, apesar de ser dados preliminares de apenas uma safra de avaliação. A dúvida que permeia é se a recomendação de densidade é a mesma para todas as cultivares testadas? Outra questão é se foram analisados dados de peso hectolitro?

Foto do Usuário Carlos André De Souza Sá 05-05-2021 21:48:35

Bom trabalho! Texto bem alinhado, resultados bem interessantes. Como sugestão indicaria utilizar de referências mais atualizadas, tendo em vista a importância do trabalho, e como reflexão pergunto se houve necessidade de reposição hídrica durante o período avaliado, tendo em vista a forte influência para o desempenho das cultivares. Parabéns aos autores!

Foto do Usuário Franny Christiny Camargo Da Silva 13-05-2021 16:17:02

Parabéns pelo trabalho! Na Agronomia, o trigo é uma cultura muito importante, sendo este trabalho de grande relevância. Gostaria de sugerir, a utilização de referências mais atualizadas, existem muitos materiais que podem favorecer e enriquecer o trabalho de vocês. No mais, parabéns.. Sucesso!

Foto do Usuário Lenin Medina 28-05-2021 17:12:03

É um bom trabalho no geral. Parece-me importante que a porcentagem de germinação de cada uma das variedades de trigo seja mencionada. o anterior porque pode ser fundamental para explicar as diferenças na produção. Peço desculpas por minha escrita, minha língua materna é o espanhol. bom trabalho!

Foto do Usuário Geraldo Matheus De Lara Alves 29-05-2021 23:35:10

Ótimo trabalho! A cultura do trigo é uma das principais no Brasil e o trabalho destaca ainda mais a plasticidade que essa cultura possui. Uma dúvida é qual foi a disponibilidade hídrica durante o período de experimento? Como sugestão, buscar referencias mais atualizadas. No mais, parabéns!