artigos
Convibra Conference - INCIDÊNCIA DE ANSIEDADE NOS PROFISSIONAIS DE SÁUDE EM ALTAMIRA - PARÁ DURANTE A PANDEMIA DO CORONAVÍRUS
INCIDÊNCIA DE ANSIEDADE NOS PROFISSIONAIS DE SÁUDE EM ALTAMIRA - PARÁ DURANTE A PANDEMIA DO CORONAVÍRUS

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Evidências científicas e relatos de experiência sobre Covid-19

Acessos neste artigo: 26


Certificado de publicação:
Certificado de Ozélia Sousa Santos

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Andrey William Araujo Silva , Nathan Henrick Sirqueira Kretli , Érika Fernandes Costa Pellegrino , Renan Rocha Granato , Amanda Morais Cordeiro , Douglas Silva Alves , Ozélia Sousa Santos

ABSTRACT
A pandemia do novo coronavírus é responsável pelo contágio de mais de 2 milhões de pacientes no Brasil. O acelerado crescimento dos casos inspira preocupações tanto com a saúde física quanto com a saúde mental, principalmente dos profissionais de saúde que encontram-se mais susceptíveis a infecções pela doença e expostos a diversas situações estressoras suficientes para lhes gerar sofrimento psicológico. Diante disso, este artigo tem como objetivo apresentar a incidência e as características dos profissionais de saúde com ansiedade e sem ansiedade vinculados à Rede de Atenção Primária, Secundária e Terciária do município de Altamira, no estado do Pará, durante a pandemia causada pelo novo coronavírus. Esta análise primária trata-se de um estudo transversal de caráter quantitativo realizado através do levantamento de informações por meio de um formulário eletrônico. Estes profissionais responderam um questionário demográfico e a Escada de Ansiedade GAD – 7 A idade média dos participantes foi de 32.60 anos, a maioria do gênero feminino, casados ou em união estável. A ansiedade esteve presente em 22.2% da amostra analisada, sendo que os profissionais com ansiedade, 18.2% são do sexo masculino e 81.8% são do sexo feminino, enquanto que no grupo de profissionais sem ansiedade, 46.8 % são do sexo masculino e 53.2% são do sexo feminino. Considerando o estado civil, nota-se que a maioria dos profissionais com ansiedade são casados ou vivem em união estável (63.6%), número consideravelmente maior do que o de pessoas divorciadas (13.6%) e solteiras (22.7%). Em relação a atual condição de trabalho há uma maior distribuição de indivíduos com ansiedade dentre aqueles que estão trabalhando normalmente, sendo uma diferença significativa quando comparada à distribuição de indivíduos em outras condições de trabalho. Aqueles que têm ansiedade se preocupam totalmente em transmitir o vírus para outros. Estes achados sugerem que os profissionais de saúde do município de Altamira-PA que estão ansiosos durante a pandemia do novo coronavírus são predominantemente do gênero feminino, a ansiedade é maior entre os profissionais que estão trabalhando normalmente e a preocupação em transmitir a COVID-19 também é significativa entre os entrevistados com score positivo para ansiedade.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Aline Do Carmo França Botelho 09-02-2021 12:50:35

O artigo está claro, bem escrito e de temática relevante, sendo indicado para apresentar no evento. Apenas minha sugestão é atualizar quanto ''resolução 196/1996''.

Foto do Usuário Leni De Lima Santana 09-02-2021 12:50:35

Questiona-se o uso da Resolução 196/1996 e não da 466/2012 do CNS; A redação requer ajustes de normas cultas da língua portuguesa, principalmente no que se refere a concordância verbal (Ex. destaca-se os fatores, trata-se de condições, esta medida ...devem ser consideradas) a ortografia (disturbis); Rever a utilização dos termos coronavírus (vírus) e COVID (doença causada pelo vírus), usadas como sinônimo no texto (infectado pelo Covid); No resumo, o objetivo se refere a trabalhadores dos setores primário, secundário e terciário, o que não consta no documento principal. .

Foto do Usuário Myrian Gonçalves Dos Reis 09-02-2021 12:50:35

Parabéns pela escrita do artigo. É um tema importante a ser levantado não só nessa época de pandemia, mas também em outras, pois a saúde mental dos profissionais são muito importante para a qualidade do serviço.

Foto do Usuário Felipe Barbeiro Garcia 09-02-2021 12:50:35

O tema foi muito bem escolhido e abordado pelos autores, de maneira simples, clara e objetiva. A bibliografia utilizada foi atual. O método utilizado está de acordo com o objetivo proposto. Parabéns

Foto do Usuário Cintia De Lima Garcia 09-02-2021 12:50:35

Excelente contribuição! Parabéns aos Autores! O projeto de pesquisa foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa?