artigos
Convibra Conference - Avaliação da Qualidade de Vida dos Acadêmicos de Enfermagem
Avaliação da Qualidade de Vida dos Acadêmicos de Enfermagem

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Sistemas de Avaliação em Saúde

Acessos neste artigo: 23


Certificado de publicação:
Certificado de Thiálita Rebeca Oliveira De Castro

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Vanessa Alvarenga Pegoraro , Thiálita Rebeca Oliveira De Castro

ABSTRACT
Introdução: A qualidade de vida (QV) é mensurada pelo o grau de percepção do indivíduo em sua vida física, psicológica, relação social e ambiente. Objetivo: O objetivo deste estudo foi analisar a percepção sobre a qualidade de vida dos acadêmicos de enfermagem, em uma universidade privada do Distrito Federal-DF. Método: Trata-se de um estudo transversal, descritivo e quantitativo. A coleta de dados foi realizada com a utilização de um questionário sociodemográfico e o instrumento para avaliar a qualidade de vida intitulado WHOQOL-BREF. Resultados: Participaram do estudo 175 acadêmicos. Como resultado encontrou-se que os acadêmicos apresentaram uma qualidade de vida boa. Dentre os domínios do instrumento avaliativo de QV, o pior apresentado foi o Psicológico, devido à sentimentos negativos, dos quais podem levar à ansiedade, estresse e até mesmo depressão. Já o melhor domínio apresentado foi o Físico, considerado como bom. Conclusão: Conclui-se que com os resultados oriundos do estudo poderão contribuir para o planejamento de estratégias a serem aplicadas, a fim de minimizar às dificuldades e conflitos identificados que recaem na qualidade de vida dos estudantes.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Estudo relevante. Bem delineado. Gráficos auto-explicativos construidos com muito esmero. Discussão pertinente e atual.

Foto do Usuário Alyne Maria Figueira De Alencar 09-02-2021 12:50:35

Primeiramente, gostaria de parabenizar pela escolha do tema! Os gráficos também ficaram ótimos! Quais limitação esse estudo pode ter tido?

Foto do Usuário Maria Denise De Melo Machado 09-02-2021 12:50:35

Tema de grande relevância para a construção de um diálogo crítico a cerca da temática. Pensando nesse pressuposto, quais atividades vocês avaliam que poderiam melhor a vida dessas pessoas?

Foto do Usuário Filiciana Ferreira Silva 09-02-2021 12:50:35

O objetivo do artigo foi cumprido de forma adequada.

Os resultados aprsentados no estudo mostra claramente o planejamento de estratégias a serem aplicadas nos academicos de enfermagem, reduzindo às dificuldades e conflitos encontradas nos academicos pensando em perpectivas na qualidade de vida dos estudantes de enfermagem.

Foto do Usuário Leides Barroso Azevedo Moura 09-02-2021 12:50:35

A coleta de dado do estudo foi realizada durante o inicio da pandemia e essa questao precisa ser pautada logo no inicio da introducao, pois não é um detalhe e pode representar um viés se não for abordada adequadamente e com resultados de estudos publicados neste ano. (Ex: Estudo Convid da Fio Cruz https://convid.fiocruz.br/ e muitos outros ) Qualidade de vida é um indicador subjetivo de percepção, como bem apresentado na introducao, e postanto o cenário da pandemia estabelece a conjuntura das narrativas registradas. Deixo uma pergunta e sugestão a autora (es): Como se dá essa questão pontuada na introdução ''necessária que se tenha uma boa relação com o bem-estar'', se conderarmos ''bem-esstar'' numa escala micro e macro, sem culpabilizar o indivíduo caso os determinantes sociais relacionado à posição social do estudante o impeçam de perceber esse ''bem estar''? Sugiro cautela com essa afirmação, ainda que haja publicações que apresentam essa abordagem individual e pouco contextualizada com a perspectiva teórica acerca dos DSS nas políticas e declarações internacional e nacionais vale a pena discutir os dados numa perspectiva dos DSS.

Foto do Usuário Odete Messa Torres 09-02-2021 12:50:35

Parabéns pelo estudo, tanto do ponto de vista da relevância do tema, quanto da abrangência dentro da instituição analisada. Quanto aos parâmetros apresentados nos cálculos dos escores para a avaliação da qualidade de vida, mesmo tendo estudo que sustente, me causou dúvida considerar que o escore de 1 a 25% seja o único considerado como ''necessita melhorar'', sendo que o regular e o bom podem da mesma forma melhorar e qualificar o tema em estudo. Os gráficos e tabelas ilustram o estudo e sua análise se coloca adequada. Importante destacar desde o início do texto o momento atípico da coleta de dado, durante uma pandemia, o qual afeta os resultados analisados e conduz o leitor para esta análise. AbraSUS