artigos
Convibra Conference - RELATO DE EXPERIÊNCIA DA FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA ATUAÇÃO EM AÇÕES DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA COMUNIDADES RURAIS DO SEMIÁRIDO CEARENSE
RELATO DE EXPERIÊNCIA DA FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA ATUAÇÃO EM AÇÕES DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA COMUNIDADES RURAIS DO SEMIÁRIDO CEARENSE

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Educação, formação e treinamento em saúde

Acessos neste artigo: 99


Certificado de publicação:
Certificado de ANA LUISA ALMEIDA MELO

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Ana Luisa Almeida Melo , Caio Garcia Correia Sá Cavalcanti , Ana Carolina Alves De Rezende , Maria Odalea De Sousa Severo , Francisca Rocicleide Ferreira Da Silva

ABSTRACT
Objetivo: Relatar a experiência da formação de profissionais que atuam nas comunidades rurais atendidas pelo Projeto Paulo Freire. Relato da Experiência: Relato de experiência de abordagem qualitativa, realizado no período de fevereiro a dezembro de 2019, em 15 municípios das regiões, Cariri Oeste e Inhamuns, territórios de abrangência do Projeto Paulo Freire no estado do Ceará. O processo formativo em modalidade mista (presencial e à distância) caracterizou-se como Educação Popular em Saúde e foi desenvolvido em cinco etapas, utilizando-se de metodologias ativas e respondendo os preceitos da Educação Popular em Saúde. As ações foram voltadas a responder as demandas formativas dos profissionais que atuam na Atenção Básica e os profissionais de campo do Projeto Paulo Freire que atuam com visitas domiciliares nas comunidades. Inicialmente identificou-se junto aos participantes as problemáticas de saúde mais presentes nestas comunidades e as necessidades formativas destes para atuar no cuidado a esta população com foco em ações de educação em saúde. As temáticas que emergiram como necessidades foram: saúde mental, saúde ambiental, alimentação e segurança alimentar, endemias e gênero e sexualidade. Considerações finais: Os participantes mostraram-se sempre envolvidos, implicados em qualificar sua atuação profissional. Estes avaliaram a capacitação de forma positiva e sugeriram a ampliação da oferta de formações. Além disso, referiram que estes processos formativos vêm a melhorar as práticas, pois dão maior suporte de conhecimentos e habilidades para o desenvolvimento da educação em saúde para a população.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Viviane Gonçalves Barroso 09-02-2021 09:50:35

Achei muito interessante conhecer a experiência e parabenizo pelo trabalho e pela sistematização. Sugestão: Existe parte importante do método em resultados, o que deixa a metodologia insuficiente ou empobrecida, dada a robustez do vivenciado. Creio que seja valioso descrever as etapas vivenciadas com foco no método. Posteriormente, nos resultados, manter o foco nos resultados. Além disso, como método, seria bom detalhar como as oficinas se deram, de que forma foram realizadas. Ampliar o detalhamento, de forma que possam ser replicadas em outros contextos semelhantes. Pergunta: Como inserir, no método, para uma próxima oportunidade, etapa que permita a escuta da comunidade na definição dos temas a serem abordados pelos profissionais?

Foto do Usuário Nicoly Tavares De Oliveira 09-02-2021 09:50:35

Muito bom o tema, parabéns a equipe por realizar a promoção a saúde. O trabalho apresentando possui 14 páginas então se encaixa em artigo ou ajeitar a formatação para diminuir a quantidade de páginas.

Foto do Usuário Rodrigo Cardoso Dos Santos 09-02-2021 09:50:35

Importante tema e iniciativa sendo discutido, com uma população (rural) pouco explorada na literatura.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.