artigos
Convibra Conference - DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DOS SERVIÇOS DA REDE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL (RAPS) NAS REGIÕES AMPLIADAS DE SAÚDE DO ESTADO DE MINAS GERAIS-BR
DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DOS SERVIÇOS DA REDE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL (RAPS) NAS REGIÕES AMPLIADAS DE SAÚDE DO ESTADO DE MINAS GERAIS-BR

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Indicadores Sociais de saúde

Acessos neste artigo: 26


Certificado de publicação:
Certificado de Marco Túlio Resende Clementino
Certificado de Leonardo Isolani e Andrade

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Leonardo Isolani E Andrade , Carlos Alberto Pegolo Da Gama , Marco Túlio Resende Clementino , Ana Luíza Moreira Pauferro , Flávia Borba Paulino Coelho , Vívian Andrade Araújo Coelho , Mariana Arantes E Silva , Denise Alves Guimarães

ABSTRACT
Após quase 20 anos da implantação da reforma psiquiátrica no Brasil e 10 anos da instituição da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), importantes passos foram dados para a ampliação, integração e articulação dos pontos de atenção à Saúde Mental. Porém, nota-se que não são todas as regiões que contam com a presença de todos os serviços e componentes estabelecidos na RAPS. O objetivo da pesquisa foi avaliar a implantação e oferta dos serviços de apoio à saúde mental através de um indicador da RAPS. Foram coletados os números de Equipes de Saúde da Família (eSF), Núcleos de Apoio a Saúde da Família (NASF), Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e Leitos de Hospital Geral (LHG) nas bases de dados e-Gestor AB e Datasus de todos os municípios de Minas Gerais. Depois, os dados foram agrupados por micro e macrorregiões. Então, foi calculado o índice de cada componente separado. O índice de CAPS foi calculado considerando que a modalidade CAPS I atende 50 mil habitantes, a CAPS III 150 mil e as outras 100 mil cada uma. O de ESF definiu que cada equipe atende até 2 mil habitantes. O de NASF considerou que o NASF 1 atende até 9 eSF, o NASF 2 até 4 eSF e o NASF 3 até 2 eSF. E o de LHG definiu que cada leito supre o acesso a até 23 mil habitantes. Por fim, somou-se os quatro índices e dividiu por 4 para chegar no Índice RAPS (iRAPS) e avaliar a real situação da assistência à saúde mental. Resultados: O iRAPS do estado foi 0,72. As macrorregiões com os maiores índices são: Nordeste (1,07), Leste do Sul (0,99) e Jequitinhonha (0,98); e as com os menores são: Triângulo do Sul (0,56), Noroeste (0,57) e Centro (0,59). Porém, podemos perceber que mesmo estando em uma macrorregião com o melhor acesso, há microrregiões com baixa oferta, como é o caso de Nanuque (0,45) da macro Nordeste (1,07), evidenciando os vazios assistenciais no estado. Percebe-se que a implantação da RAPS em algumas regiões de Minas Gerais ainda está em processo, enquanto que outras estão mais avançadas. Dessa forma, fica evidente que é necessário um aprimoramento igualitário das regiões de saúde do estado para que, assim, tais discrepâncias possam se reduzir ao máximo e ofertar os serviços saúde em diferentes níveis de complexidade para a população.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Leonardo Isolani E Andrade 09-02-2021 12:50:35

Artigo muito bem estruturado e bem escrito. Traz informações relevantes sobre o tema e com ótimos resultados e discussões.

Foto do Usuário Flávia Borba Paulino Coelho 09-02-2021 12:50:35

O artigo traz informações extremamente necessárias e importantes para uma melhor caracterização da RAPS em Minas Gerais.

Foto do Usuário Bianca Franco Rosa Borges 09-02-2021 12:50:35

Parabéns pela escolha do tema! Possui dados e conteúdo de extrema contribuição não só para saúde mental como para a saúde pública também! Ótima estruturação! Sugiro apenas que observe mais atentamente às instruções para submeter um resumo expandido.

Foto do Usuário Valéria Slongo De Souza 09-02-2021 12:50:35

Artigo muito bem redigido e de grande relevância para a atualidade. Parabéns !

Foto do Usuário Raquel Rivera Carvajal 09-02-2021 12:50:35

Trabajo muy interesante, en los mapas que presentan considerar como identificar a que área pertenece cada una de los partes de esta, también preguntaría si se pudiera realizar, en metodología reportar el tiempo en el que recolectaron la información, ampliar un poco mas la metodología y el resumen un poco mas corto.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.