artigos
Convibra Conference - SATISFAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA EM UM MUNICÍPIO DO SUL DO BRASIL
SATISFAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA EM UM MUNICÍPIO DO SUL DO BRASIL

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Gestão de Pessoas em Saúde

Acessos neste artigo: 86


Certificado de publicação:
Certificado de Júlia Grasel

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Júlia Grasel

ABSTRACT
Introdução: a Atenção Primária em Saúde é considerada a principal porta de entrada do usuário aos serviços de saúde no Brasil, e apresenta papel de coordenar o cuidado à saúde da população. Esse modelo de assistência à saúde, aliado ao processo de trabalho dos profissionais trazem enfrentamentos, tornando necessário o desenvolvimento de iniciativas voltadas para a melhora da qualidade de vida no trabalho. Objetivo: analisar os fatores que contribuem para a satisfação no trabalho entre profissionais de uma Estratégia de Saúde da Família. Método: trata-se de um recorte de um estudo multicêntrico, de abordagem qualitativa, realizado em Estratégias de Saúde da Família de um município do Sul do Brasil. A coleta de dados aconteceu por meio de dois instrumentos: entrevista semiestruturada e observação não participante. Os participantes da pesquisa foram 14 profissionais de saúde. Os resultados passaram por Análise de Conteúdo Temática, com auxílio do software Atlas.ti, versão 8.0. O estudo foi apreciado e aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa da Universidade do Extremo Sul Catarinense, (parecer nº 3.675.401/2019). Resultados: a partir dos resultados das entrevistas foi estruturada a macro categoria “Satisfação no trabalho das equipes de Saúde da Família”. Esta macro categoria foi composta por nove códigos, as quais agregaram 39 trechos de falas. Dentre os trechos destacam-se: o bom relacionamento da equipe (64,28%); identificação profissional (64,28%); estrutura e serviço adequados (42,8%); trabalho concluído (21,4%); relacionamento com a população (21,4%); reconhecimento profissional (21,4 %); satisfação salarial (21.42 %); atividade acadêmica desenvolvida (7,14%); comodidade – distância casa / trabalho (7,1 %). Assim, mediante a análise dos fatores foi sintetizada três categorias: 1) aspectos profissionais e pessoais; 2) relações entre profissionais e com os usuários no desenvolvimento da assistência em saúde na ESF; e 3) a estrutura de materiais e da unidade. Considerações finais: os fatores que contribuem para satisfação no trabalho estão vinculados às condições de trabalho e as relações que se estabelecem no desenvolvimento dele, sendo estes aspectos potenciais para orientar estratégias de promoção da saúde dos trabalhadores, bem como para qualificar o trabalho na APS.

Descritores: Atenção Primária à Saúde; Estratégia de Saúde da Família; Satisfação no Trabalho; Saúde do Trabalhador.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Déborah Sampaio Aragão Saldanha 09-02-2021 09:50:35

Bem interessante esse tipo de artigo que trabalha com a subjetividade. Resultados as vezes inesperados surgem. Gostei das figuras em forma de fluxogramas, com as falas dos sujeitos, entretanto, precisam ser um pouco maiores para facilitar a leitura.

Foto do Usuário Tatiana Pereira Das Neves Gamarra 09-02-2021 09:50:35

Trabalho com tema relevante para a pesquisa em saúde. O texto está bem escrito e estruturado de forma clara. Sugiro que os resultados sejam apresentados em diálogo com a literatura relativa ao tema para melhorar a consistência científica do estudo. Pergunto aos autores: o que esperam como desdobramentos dessa pesquisa?

Incrível o tema, a forma como foi apresentado e abordado, as tabelas ficaram um pouco pequenas, que dificulta um pouco a leitura, mas o trabalho ficou excelente!!

Foto do Usuário Estefana Da Silva Stertz 09-02-2021 09:50:35

Trabalho relevante, estudo de suma importância, trabalho relevante para o evento.

Foto do Usuário Daniel Freitas Rodrigues 09-02-2021 09:50:35

Excelente artigo, parabéns aos prezados autores. A leitura flui muito bem, além das figuras que tornaram o texto mais dinâmico. A única ressalva, no entanto, é quanto ao método: por que não avaliar duas diferentes unidades e então ter uma noção mais abrangente das avaliações e diferenciar as respostas?

Foto do Usuário Alessandra Herranz Gazquez 09-02-2021 09:50:35

Artigo muito bem estruturado. gráficos bastante didáticos, somente um pouco pequenos, alguns dificulta a visualização dos dados.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.