artigos
Convibra Conference - AVALIAÇÃO DOS ATRIBUTOS DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE NA PERSPECTIVA DOS TRABALHADORES DE UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE COM ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA DA ZONA SUL DE SÃO PAULO
AVALIAÇÃO DOS ATRIBUTOS DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE NA PERSPECTIVA DOS TRABALHADORES DE UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE COM ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA DA ZONA SUL DE SÃO PAULO

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Modelo de Atenção Básica em Saúde

Acessos neste artigo: 26


Certificado de publicação:
Certificado de Ana Honorato

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Ana Honorato , Eder Viana De Souza

ABSTRACT
Este estudo teve como objetivo avaliar a presença dos Atributos Essenciais e Derivados da Atenção Primária à Saúde na perspectiva dos trabalhadores da Unidade Básica de Saúde com 08 equipes de Estratégia Saúde da Família na Zona Sul de São Paulo. Tratou-se de um estudo descritivo, transversal de abordagem do tipo quantitativa. Participaram deste trabalho 90 trabalhadores que responderam aos questionários com variáveis sociodemográficas – idade, sexo, escolaridade, função exercida e tempo no serviço e as variáveis presentes no Instrumento de Avaliação da Atenção Primária, PCATool – Primary Care Assessment Tool, versão profissionais que verificou os escores médios dos Atributos Essenciais e Derivados. Como resultado constatou-se que o Atributo Acesso de primeiro contato – Acessibilidade foi o único que pontou baixo escore médio (4,85) conforme Escala de Likert, que atribui escores de 0 a 10, onde médias acima de 6,6 são consideradas alto padrão, e abaixo deste valor, baixo padrão.  Os demais Atributos alcançaram o escore acima de 6,6 – Longitudinalidade (7,10), Coordenação - Integração de Cuidados (7,23), Coordenação - Sistemas de Informações (8,31), Integralidade - Serviços Disponíveis (8,94), Integralidade - Serviços Prestados (8,90), Orientação Familiar (8,60) e Orientação Comunitária (8,45). Conclui-se com os resultados deste estudo que os trabalhadores da UBS da Zona Sul da cidade de São Paulo atendem a população conforme os atributos da Atenção Primária à Saúde.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Fernanda Faria Serra Maciel 09-02-2021 12:50:35

Trata-se de um estudo que utiliza uma ferramenta internacional - o PCAtool. Contudo, os autores afirmam que a APS de uma unidade da zona sul de São Paulo é forte, mas esqueceram de citar os escores geral, essencial e derivado. Sugiro rever a descrição do método, em especial, a escala de respostas. Originalmente, a escala LIKERT possui apenas 4 itens, que, na análise de dados, é convertida em valores de 0 a 10. Dessa forma, sugiro rever todo o texto quando mencionam ''Escala de Likert, que atribui escores de 0 a 10''. Método bem frágil, necessita inserir mais informações para aprofundamento do passo a passo da pesquisa. Sugiro a leitura do guia STROBE e o método da dissertação da Jhayne Fonda, citada nas referências. Discussão: primeiro parágrafo: rever o ponto de 6,6. Baixo escore <6,6. Discussão traz literaturas relevantes para a temática, mas precisa ter uma escrita mais refinada. Quais são as contribuições do estudo para a gestão e para os participantes do estudo? Quais são as limitações do estudo?

Foto do Usuário Shirley Pereira De Almeida 09-02-2021 12:50:35

Faltaram as contribuições do estudo, as limitações. Pergunta do avaliador: No atributo primeiro contato, com score mais baixo, quais seriam as causas que impactaram negativamente o resultado desse atributo?

Foto do Usuário Rayssa Nogueira Rodrigues 09-02-2021 12:50:35

Parabéns pelo trabalho, parabéns por abordar a definição operacional da APS sistematizada por Starfield. Acredito ser um tema que carece de mais estudos. Sabemos que para além da cobertura da ESF, precisamos atentar para os atributos mencionados. Sugiro ampliar a pesquisa. Fazer um cálculo amostral e avaliar o n representativo. Seria fantástico!

Foto do Usuário Angelica Santos Emi 09-02-2021 12:50:35

Trabalho muito bom bem elaborado e escrito muito bom

É muito importante quando o estudo atingi o objetivo geral proposto. os resultados mostram dados importantes na perspectiva dos trabalhadores avaliados na UBS/ESF Varginha. Achei bastante interessante quando foi falado do acesso de primeiro contato – Acessibilidade foi o único que pontou baixo escore médio de 0 a 10. É importante lembrar no trabalho quando fala das perspectiva dos trabalhadores os serviços ofertados atendem as necessidades dos usuários, pois todos os serviços oferecidos foram em tempo oportuno suprindo as necessidades dos usuarios do territorio.

Foto do Usuário Enos De Araújo Almeida 09-02-2021 12:50:35

Existe criação de novos dados que da embasamento ao texto e um bom desenvolvimento nesse artigo, com perspectivas relevantes para o conhecimento.

O tema é de relevância para as equipes de ESF e para a gestão, a partir dos resultados é possível a discussão com as equipes sobre o acesso em tempo oportuno e a continuidade do cuidado na APS. Sugiro que o estudo seja multiplicado em todo o território. Vocês já devolveram o resultado para a unidade? se sim como foi a resposta das equipes em relação ao escore de baixo padrão?

Foto do Usuário Andre Luiz De Souza Braga 09-02-2021 12:50:35

Tema relevante, com construção metodológica pertinente. Escrita agradável. Alguns resultados frágeis. Bom trabalho.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.