artigos
Convibra Conference - REPRESENTATIVIDADE FEMININA EM REITORIAS E VICE-REITORIAS DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS DO BRASIL: UMA ANÁLISE NO ANO DE 2020
REPRESENTATIVIDADE FEMININA EM REITORIAS E VICE-REITORIAS DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS DO BRASIL: UMA ANÁLISE NO ANO DE 2020

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Administração Pública

Acessos neste artigo: 85


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Mikael Ferreira Dos Santos , Amanda Souza Julião , Maryana Fonseca Teixeira , Jackeline Lucas Souza

ABSTRACT
A ocupação de cargos da alta administração por mulheres é um assunto que vem ganhando destaque no mundo corporativo e na sociedade, uma vez que fomenta um cenário mais diversificado e igualitário, no que diz respeito às questões de gênero. Dentro das universidades federais brasileiras é possível perceber um avanço, embora que sensível, no que concerne à representatividade da mulher nas funções de alta gestão. Nessa perspectiva, o estudo tem como objetivo verificar a participação feminina nos cargos de reitora e vice-reitora das universidades federais do Brasil no ano de 2020. Assim, a pesquisa caracteriza-se como documental, quanto aos procedimentos metodológicos, e qualitativa no que se refere à coleta e ao tratamento dos dados. A população do estudo é composta pelas 68 universidades federais brasileiras. Os resultados mostram que as mulheres detêm baixa representatividade nos cargos máximos de gestão das universidades federais, visto que somente 15 mulheres ocupam, atualmente, o cargo de reitora no Brasil. Quanto a sua representatividade nas vice-reitorias, o número de mulheres apresenta-se mais elevado se comparado ao número de reitoras, sendo 22 vice-reitoras. Dessa forma, percebe-se que as mulheres não chegam a ocupar 50% do total disponível para o cargo de reitora e vice-reitora.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Jéssica Gomes Lima 09-02-2021 09:50:35

A temática proposta no trabalho é interessante, porém, muito pouco explorada. Irei fazer alguns apontamentos: Resumo e Introdução Faltou uma contextualização com dados recentes sobre a temática, há muitas afirmações e poucos dados para sustentação dos argumentos. Parágrafos pouco explicativos e repetitivos. Por quê essa temática é importante? Falta argumentação, sem opinião. O artigo não apresenta uma Revisão da literatura, a escolha do tratamento quantitativo dos dados não justifica a ausência de uma literatura. Isso prejudicou muito a qualidade do trabalho, pois não apresenta análises, apenas descrições dos dados obtidos. A exemplo: ''Verificou-se que as mulheres detém representatividade reduzida nos cargos máximos de gestão das universidades federais, uma vez que, de 67 reitores dessas instituições, apenas 15 são mulheres, porém ao se analisar a sua representatividade nas vice-reitorias esses números se apresentam ligeiramente superiores, sendo 22 vice-reitoras de um total de 65 vice-reitores''. O que isso significa? Como foi analisada a representatividade? Com base em qual teoria? Falta análise. Sugestões, penso que o trabalho tem potencial se explorar alguma teoria referente a liderança feminina a partir de fenômenos como ''teto de vidro'', ''abelha rainha'', ou ''labirintos de liderança''. Mas literatura atual e de autores seminais. A escolha por uma abordagem não apenas quantitativa, mas mista penso que trará qualidade ao trabalho. Bibliografia que recomendo: MILTERSTEINER, Renata Kessler et al. Liderazgo femenino: percepciones, reflexiones y desafíos en la administración pública. Cadernos EBAPE. BR, v. 18, n. 2, p. 406-423, 2020.

Foto do Usuário Michael Emerson Da Silva 09-02-2021 09:50:35

Artigo de relevância no que se refere ao papel da mulher nos cargos corporativos de gestão pública de ensino. Entretanto, deixa a desejar na amplitude da revisão de literatura que poderia citar de forma mais aprofundada a gestão universitária bem como o histórico do feminismo no mundo e sua importância. Os resultados também precisam de mais conteúdo relacionado aos autores.

Foto do Usuário Cleidiane Mara De Souza Braga 09-02-2021 09:50:35

O artigo está muito bem escrito e aborda a temática de grande relevância: a representatividade das mulheres nos cargos de gestão das universidades. A sugestão é que seja apresentada uma revisão da literatura. A pergunta é: a partir dos resultados obtidos, quais são as limitações da pesquisa? Parabéns aos autores!

Foto do Usuário Luana Morais De Aguiar 09-02-2021 09:50:35

O tema do trabalho é extremamente relevante e necessário. O objetivo e a metodologia ficaram claros, porém faltou uma revisão bibliográfica para sustentar a importância e justificativa do trabalho. A ideia do trabalho é ótima e futuramente poderia ser ampliado, como por exemplo estudar o histórico da participação feminina das reitorias e vice-reitorias das UFs. Fica como questionamento? O que levou a equipe a abordar o tema proposto e o que sustenta essa escolha?

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.