artigos
Convibra Conference - VERIFICAÇÃO DO DISCLOSURE OBRIGATÓRIO A LUZ DAS NBC TG 29 E NBC TG 46 NAS COMPANHIAS DO SEGMENTO DE CELULOSE LISTADAS NA B3.
VERIFICAÇÃO DO DISCLOSURE OBRIGATÓRIO A LUZ DAS NBC TG 29 E NBC TG 46 NAS COMPANHIAS DO SEGMENTO DE CELULOSE LISTADAS NA B3.

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Contabilidade

Acessos neste artigo: 91


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

José Aparecido Moura Aranha , Elizandro Santos Nogueira

ABSTRACT
O estudo objetiva verificar se o disclosure obrigatório das companhias do segmento de celulose que estão listadas na B3, está em conformidade com as NBC TG 29 e NBC TG 46.O procedimento técnico que visa estabelecer o tratamento contábil a ser dado aos ativos biológicos e aos produtos agrícolas, bem como as suas respectivas divulgações estão apresentadas nas Normas Brasileiras de Contabilidade, sendo obrigatório que as demonstrações das entidades sejam elaboradas de maneira completa, neutra e livre de erros. Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, descritiva e foi conduzida por meio de análise documental das demonstrações contábeis em uma amostra contendo 5 empresas do setor de celulose listadas na B3. Foi utilizada a escala de Likert para verificar as demonstrações contábeis e notas explicativas das amostras, avaliadas por meio de itens que são exigidos para a divulgação referentes ao período de 2015 a 2017. Os resultados da pesquisa revelam que dentre as companhias analisadas, em 2015, quem demonstrou o pior resultado foi a Eldorado do Brasil, seguida pela Fíbria Celulose, no item que trata da classificação de ativo biológico maduro e imaturo e das subvenções, que mesmo não existindo precisa constar na nota explicativa. Além disso, observa-se, como principal conclusão, que ao passar dos anos as empresas apresentam a mesma falta de informação sobre as reduções significativas esperadas no nível de subvenções governamentais. Este estudo contribuiu para verificar como as companhias estão divulgando suas informações.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Adriano Augusto De Souza 09-02-2021 09:50:35

Trabalho bem estruturado e com tema bem específico da interpretação da norma no que tange a contabilidade ambiental.

Foto do Usuário Octavio Locatelli 09-02-2021 09:50:35

O artigo é interessante e bem escrito. Como sugestões de melhoria, seria interessante separar o referencial teórico em tópicos para cada assunto tratado e melhorar as considerações sobre os resultados. Além disso, outra sugestão mais profunda seria estudar as consequências do estudo, para não ter apenas um trabalho descritivo. O que acontece com as empresas que divulgam menos do que deveriam? Por exemplo: Tem maiores custos de capital? Mais volatilidade?

Foto do Usuário Jose Arilson De Souza 09-02-2021 09:50:35

Conteúdo com relevante contribuição para a área de pesquisa.

Foto do Usuário Roberta Carvalho De Alencar 09-02-2021 09:50:35

O trabalho aborda um tema interessante e atual. Acredito que a denominação de escala likert para o esquema de pontuação atribuída pelos autores ao nível de divulgação dado pela empresa a cada um dos itens de evidenciação não é adequado. Seria interessante apresentar nas tabelas a média de evidenciação dos itens, bem como evidenciar uma nota e evidenciação para cada empresa, e apresentação de um ranking. Qual a hipótese explicativa dos autores a respeito do comportamento das empresas de não evidenciar a classificação dos ativos em maduros e imaturos?

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.