artigos
Convibra Conference - Informalidade e precarização no contexto da pandemia de Covid-19: um retrato do trabalho dos entregadores por aplicativo.
Informalidade e precarização no contexto da pandemia de Covid-19: um retrato do trabalho dos entregadores por aplicativo.

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Evidências científicas e relatos de experiência sobre Covid-19

Acessos neste artigo: 26


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Alexandre Hochmann Béhar , Douglas Inácio Fragoso Ferreira , Hilquias Kennedy Lima De Assis

ABSTRACT
O crescente número de desempregados no Brasil acarretou uma grande quantidade de indivíduos no trabalho informal, que cresceu enquanto uma estratégia de sobrevivência. No setor informal a categoria de entregas por aplicativo vinha ganhando destaque e críticas nos últimos anos, especialmente em decorrência das indicações de precarização do labor informacional-digital. No contexto da pandemia do novo coronavírus tais indicativos de precarização parecem ter sido intensificados, inclusive porque o setor foi considerado essencial no âmbito do isolamento social, imposto pela pandemia. Dessa forma, este artigo se dedicou a refletir a respeito das condições de trabalho da categoria de trabalhadores de entregas por aplicativo, diante do cenário da pandemia de Covid-19. Para isso, foi realizada uma pesquisa qualitativa apoiada em documentos, apoiada na estratégia pesquisa qualitativa básica. Com a análise concentrada em 11 matérias jornalísticas publicadas na internet, chegou-se à elaboração de 6 categorias analíticas relacionadas à características observadas no setor. O resultado da análise não apenas corrobora com os indícios de precarização do trabalho proposto por construções teóricas, inclusive por meio da manutenção do caráter informal do trabalho, mas indicaria intensificação desta questão em decorrência da pandemia de Covid-19, assim como uma inicial organização destes trabalhadores para fazer frente ao unilateralismo dos aplicativos de entrega. Também previsto no referencial teórico, a organização dos entregadores, ainda que faça referência a reivindicações alinhadas ao trabalho regido pela CLT, pretende a manutenção do que se entende por autonomia do trabalho, ainda que regido por regras impostas pelos aplicativos de entrega.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Margarida Aparecida De Oliveira 09-02-2021 12:50:35

O tema do trabalho é relevante, destacando-se a importante reflexão em torno a precarização do trabalho. O objetivo do estudo está inserido de forma clara no trabalho, permitindo uma discussão relevante para as audiências para as quais o trabalho se destina. Margarida A. Oliveira

Foto do Usuário Paula Gonçalves Sauer 09-02-2021 12:50:35

Tema extremamente relevante, abordagem caprichosa e cuidadosa, parabéns! Fiz alguns apontamentos que não desabonam em nada o trabalho, e tem a intenção de deixá-lo ainda mais bacana. 1. página 3, final do segundo parágrafo: Económica, com acento de português de Portugal; 2. É preciso rever referencia (OIT, 2014) o material parece ótimo mas não consegui chegar até ele; 3. Página 3, 3o parágrafo, fiquei na dúvida, esses trabalhadores têm mesmo assistência médica, se sim, imagino que pagas por eles próprios, fala mais, é importante nesse contexto de pandemia. 4. O que é trabalho morto? 5.Quem são os ''novos jovens''?

Foto do Usuário Daniella Cristina Santos Quevedo 09-02-2021 12:50:35

Tema atual e relevante em função do impacto da COVID 19 nas relações trabalhistas, dando enfoque na precarização do trabalho, que já ocorria antes da pademia, principalmente em se tratando do tipo de trabalho estudado. Sugestão: fazer a correlação da idade, grau de instrução e empregos anteriores com os novos participantes da chamada ''uberização''? Pergunta: como andam os projetos de lei sobre o tema?

Foto do Usuário Darlane Amorim Vieira 09-02-2021 12:50:35

O tema é bastante relevante e atual. A uberização do trabalho, e a sua consequente precarização, já é a realidade de várias categorias de trabalhadores. Com a pandemia do coronavírus, ficou em evidência esse tipo de labor pelo aumento dos serviços de delivery. Uma observação em relação do trabalho, diz respeito à abordagem das categorias analisadas, em alguns trechos ficaram confusos e com informações repetidas

Foto do Usuário Tatiane Silva Tavares Maia 09-02-2021 12:50:35

Artigo muito interessante e bem redigido. Como contribuição: que tal buscar os clássicos autores que discutem a situação do trabalho, assim melhor contextualizando a realidade atual e os efeitos do tempo no mundo do trabalho?

Foto do Usuário Isabela Cristina Matheus Silva 09-02-2021 12:50:35

Tema bem atual e totalmente relevante, texto claro, bem estruturado e a leitura fluiu super bem, literatura robusta com resultados e objetivos coerente. Apesar do tema ser novo as informações são concretas e claras. Pergunta: Após a construção deste artigo pode qual a definição do melhor caminho para a regulamentação da situação destes profissionais autônomos?

Foto do Usuário Jose Carlos Guimaraes Junior 09-02-2021 12:50:35

Apesar do tema ser muito relevante, não vejo nexo algum no que diz respeito as fontes citadas no texto. Acredito que as fontes estão ''contaminadas'' com origens duvidosas; assim ,penso ser tenebroso e fora de contexto científico a publicação do documento.