artigos
Convibra Conference - Sistema Iris - Análise e desenvolvimento de um sistema para análise e monitoramento de downtime de páginas web
Sistema Iris - Análise e desenvolvimento de um sistema para análise e monitoramento de downtime de páginas web

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Administração da Informação

Acessos neste artigo: 28


Certificado de publicação:
Certificado de José Augusto De Lima Prestes

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Weslei Alvim De Tarso Marinho , José Augusto De Lima Prestes , José Geremonte Garcia , Rafael Lucas Silva

ABSTRACT
Falhas e downtime em software e sistemas, junto à exploração de vulnerabilidades de segurança, trazem grandes prejuízos para as organizações e empreendedores que comercializam os seus produtos e serviços por meio do comércio eletrônico. Como resultado de uma atividade interna de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I), obteve-se o Sistema Iris, software para a análise e monitoramento de páginas web, detectando downtime, emitindo alertas e possibilitando a análise de páginas web com indicadores associados a temas como segurança, desempenho, otimização para motores de busca e responsividade da página web em dispositivos móveis. Além disto, o sistema também permite a realização de uma análise comparativa entre duas páginas web, abrangendo diversos elementos e aspectos. Os resultados obtidos foram então validados junto a potenciais usuários, demonstrando a utilidade do sistema e possibilitando melhorias em sua interface com o usuário.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Ana Emília Lopes Rodrigues 09-02-2021 12:50:35

O tema é atual e embora não tenha referencial teórico, não senti que prejudicou o artigo por este ser mais quantitativo e também por na parte “PESQUISA, DESENVOLVIMENTO & INOVAÇÃO” explicar a metodologia e em partes no que os autores se basearam para a pesquisa embora existam poucas referências. Cuidado para citações indiretas na maneira que coloca o autor como na página 2, sétimo parágrafo citando (Young, 2016). A tabela 4 foi a única que não foi fácil de ser lida pelo tamanho da fonte. Uma dica é não utilizar a Wikipedia como fonte e sim a fonte raiz, no caso de vocês seria, provavelmente, “ «Web Services Architecture». World Wide Web Consortium. 11 de fevereiro de 2004. 3.1.3 Relationship to the World Wide Web and REST Architectures.” e isso é importante por ser ideal consultar a veracidade da fonte. Quanto a projetos futuros, nas conclusões vocês apontam que já há projeto para o software ser disponibilizado para o público mas houveram apenas 9 respondentes. Acho que seria, talvez, interessante aumentar a amostra de vocês para assim terem mais certeza ao afirmarem que os resultados são satisfatórios! Fiquei interessada no assunto e curiosa para saber: em qual outro contexto o software pode ser aplicado?