artigos
Convibra Conference - INDICADORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA NA REGIÃO METROPOLITANA DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE: estudo dos resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) em 2015 e 2017 versus o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) 2000 e 2010.
INDICADORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA NA REGIÃO METROPOLITANA DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE: estudo dos resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) em 2015 e 2017 versus o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) 2000 e 2010.

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Administração Pública

Acessos neste artigo: 21


Certificado de publicação:
Certificado de Juliano Moreira de Almeida
Certificado de Juliano Moreira de Almeida

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Juliano Moreira De Almeida , Marcela Barbosa De Moraes

ABSTRACT
Este artigo tem como objetivo discutir o desempenho atual da Educação básica nos municípios da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte (RMVPLN) considerando os resultados obtidos nas duas últimas edições 2015 e 2017 do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) que foi criado em 2007 e reúne, em um só indicador, os resultados de dois conceitos importantes para a qualidade da educação: o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações versus o resultado do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) em 2000 e 2010 que é uma medida composta de três dimensões do desenvolvimento humano: longevidade, educação e renda, varia de 0 a 1 e quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento humano. Foi realizada uma análise de documentos alinhados ao objetivo deste estudo, tais como: sites de pesquisa, reportagens na mídia e sites de institutos relacionadas aos indicadores de Educação brasileiros. Os resultados obtidos são de que ao compararmos os 39 municípios nas duas últimas edições do IDEB: 6 municípios tiveram desempenho negativo, 5 obtiveram o mesmo resultado da edição de 2015 e 28 apresentaram notas melhores. Agora ao considerarmos a amostra de 10 municípios, sendo 5 que tiveram as maiores notas e 5 que tiveram as menores notas dos 39 municípios estudados podemos concluir que há evidencias de que mesmo os municípios com pior desempenho na edição de 2017 conseguiram avançar cerca de 4,33% nos resultados comparativos de IDHM de 2000 a 2010 e que se espera que esse resultado seja validado na próxima aplicação do IDHM em 2020.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Talita Souza Aguiar 09-02-2021 12:50:35

A pesquisa traz dados claros para discussão do desempenho da educação básica

Foto do Usuário Beatriz Gil Emoingt 09-02-2021 12:50:35

Tema atual e relevante abordado pelos autores, contudo faltou expor de maneira mais clara no texto o objetivo da pesquisa. Qual é a questão de pesquisa que guiou os autores? Além disso, para corroborar melhorar os resultados, sugiro realizar algum teste estatístico que permite verificar se há uma relação entre o IDEB e IDHM. Também sugiro abordar no texto estudos anteriores relacionados ao tema em questão.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.