artigos
Convibra Conference - Controladoria no Terceiro Setor: uma investigação sobre o uso das técnicas de controladoria na Associação Mãos Que Se Ajudam (AMQSA).
Controladoria no Terceiro Setor: uma investigação sobre o uso das técnicas de controladoria na Associação Mãos Que Se Ajudam (AMQSA).

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Terceiro Setor e Responsabilidade Social

Acessos neste artigo: 129


Certificado de publicação:
Certificado de Juliano Augusto Orsi de Araujo

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Juliano Augusto Orsi De Araujo , Marcelle Polyane Rodrigues Melo

ABSTRACT
A proposta da pesquisa é aliar a utilização da controladoria no terceiro setor da economia brasileira, em prol de uma determinada população. Para Nascimento e Reginato (2009), a controladoria tem um papel importante na gestão organizacional, no sentido de aprovisionar as informações relevantes que permitam a empresa reorganizar-se. O estudo favorece ao entendimento do cunho social na associação, identificada como um esforço coletivo de um grupo em busca de melhores resultados para suas atividades de bens e serviços oferecidos à sociedade. Para o entendimento do terceiro setor, é necessário o esclarecimento dos outros setores da economia na sociedade, fortalecem Cunha e Matias-Pereira (2012) e Campos et al. (2014), o primeiro setor (Estado), o segundo setor (Empresas privadas), e o terceiro setor (Atividades sem fins lucrativos). Corroborando com o exposto, Ebsen e Laffin (2004) integra o primeiro setor promovendo as ações públicas como saúde, educação e segurança, e suas tarefas são mantidas por meio de arrecadação de tributos. Para Coelho (2000) integra o segundo setor as ações que envolvem lucro sobre capital investido em atividade referente a trocas de bens e/ou serviços. Por fim, o terceiro setor identifica união da sociedade civil que se distinguem do Estado e das empresas privadas, conforme explicam Peroni, Oliveira e Fernandes (2009) ao terceiro setor integram à parceria público-privado no contexto de expansão do Brasil, destinado à inclusão social, resgate e recuperação da cidadania, a partir do atendimento individual ou a grupos de pessoas que vivem em conjuntura de vulnerabilidade social. Putnam (2007) esclarece que as associações têm papel importante no desenvolvimento eficaz e na contribuição da sociedade num governo democrático, não somente pela existência de seus efeitos internos sobre os indivíduos, como também pela existência de seus efeitos externos sobre a sociedade. 
Na observação em campo e aplicação do questionário com 16 perguntas fechadas aos associados e no roteiro de entrevista com 18 perguntas abertas direcionada a fundadora ex-presidente, atual presidente e o contador externo, totalizando dessa forma 34 questões com as seguintes temáticas: caracterização do entrevistado (a), caracterização da associação e percepção sobre a atuação da controladoria e informações econômico-financeiras. Identificou-se preliminarmente o baixo conhecimento dos associados nas técnicas abarcadas pela controladoria no terceiro setor. E por unanimidade, o questionário direcionou o contador externo para responder as questões de controladoria na AMQSA. Assim, o estudo obteve resposta positiva do contador externo para utilização do uso das técnicas de controladoria nas perguntas semiestruturadas.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Nilceia Cristina Dos Santos 09-02-2021 09:50:35

Precisa inserir mais autores relevantes sobre o Terceiro Setor (TS). Sugestão: na metodologia precisa entrevistar a presidenta, as decisões finais passam por ela. Comentário: Não conheço a Associação, mas, por experiência em outros estudos sobre o TS, a unanimidade em pedir para procurar o contador, provavelmente se deva a falta de conhecimento sobre o assunto, o que futuramente dificultaria a implantação de um sistema por falta de pessoa com conhecimento para inserir os dados. É comum as OTS serem melhores administradas quando o gestor/presidente é formado em áreas gerenciais (administração, contabilidade e direito).

Foto do Usuário Ana Flávia Albuquerque Ventura 09-02-2021 09:50:35

O artigo tem um tema muito interessante. Entretanto, faltou justificar o porquê de se avaliar apenas uma entidade social e qual a relevância dessa Ong no local em que está instalada. Faltou relacionar esta pesquisa com outras pesquisas da área, com o intuito de mostrar qual o diferencial desta. As informações sobre a quantidade de questões e respondentes deveriam constar na metodologia e não na análise dos resultados. O artigo não apresenta os resultados do questionário, como também, não compara com resultados de outras pesquisas. Sugiro elencar as respostas das principais perguntas na análise dos resultados.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.