artigos
Convibra Conference - CARACTERIZAÇÃO DA MORTALIDADE PERINATAL EM MUNICÍPIOS DA PLANÍCIE LITORÂNEA DO PIAUÍ
CARACTERIZAÇÃO DA MORTALIDADE PERINATAL EM MUNICÍPIOS DA PLANÍCIE LITORÂNEA DO PIAUÍ

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Saúde da Mulher

Acessos neste artigo: 28


Certificado de publicação:
Certificado de GABRIELE MESQUITA DA SILVA

Certificado de participação:
Certificado de GABRIELE MESQUITA DA SILVA

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Adriane Saraiva Nunes , Gabriele Mesquita Da Silva

ABSTRACT
Dentre os elementos que impactam a Mortalidade Infantil destaca-se a Mortalidade Perinatal, que envolve mortes ocorridas durante o período que se inicia em 22 semanas completas (ou 154 dias) de gestação (período fetal) e termina aos 7 dias completos após o nascimento, ou seja, de 0 a 6 dias de vida (período neonatal precoce). O objetivo da pesquisa consiste em descrever o perfil dos óbitos perinatais ocorridos em municípios da Planície Litorânea-PI no período de 2013 a 2017. Trata-se de um estudo retrospectivo, descritivo, com abordagem de análise quantitativa, parte do Trabalho de Conclusão de Curso intitulado “Perfil da Mortalidade Perinatal em Municípios da Planície Litorânea do Piauí”. A amostra foi constituída por declarações de óbito e fichas de investigação de óbito infantil e de óbito fetal de crianças cujas mães residiam na Planície Litorânea - PI, e que tiveram óbitos confirmados no período perinatal, entre janeiro de 2013 a dezembro de 2017. No período de estudo, a Taxa de Mortalidade Perinatal (TMP) da Planície Litorânea - PI foi de 22,52 óbitos por 1.000 nascimentos, com pouca variação entre os anos de 2013 a 2017. Os óbitos fetais foram predominantes, compondo 60,6% da amostra. Os óbitos hospitalares ocorridos em Parnaíba foram os mais frequentes, revelando este ser o município de referência da região. Demonstra-se a necessidade de maior atenção por parte dos profissionais e dos gestores em saúde para tais agravos, a fim melhorar a qualidade de atendimento à gestante, à parturiente e ao neonato.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Raquel Randow 09-02-2021 12:50:35

Artigo muito bem elaborado, com métodos adequados e precisos, além da apresentação de dados referentes à mortalidade perinatal relevantes tanto para o estado de estudo, Piauí, quanto para o país. Destaca-se a importância de uma assistência adequada ao parto e ao nascimento, além da abordagem válida sobre a distância entre a residência e o serviço de saúde, que pode favorecer à peregrinação das gestantes. Portanto, esse estudo possibilita detectar os aspectos que devem ser melhorados nos serviços de saúde e as dificuldades que as gestantes apresentam, de acordo com o contexto em que cada uma está inserida, a fim de se evitar desfechos perinatais negativos.

Foto do Usuário Diego Luiz Gomes Duarte 09-02-2021 12:50:35

Tema muito relevante que pode ser aplicado em outro município/região. É importante identificar os fatores que possam contribuir para a mortalidade perinatal e, baseado nessa informação, trabalhar com políticas públicas que possam contribuir para uma assistência de qualidade e humanizada para a gestante/puérpera e para o recém-nascido.

Foto do Usuário Lynna Stefany Furtado Morais 09-02-2021 12:50:35

Ótimo trabalho, bem escrito e temática super atual e necessária.

Considero a produção deste trabalho de suma importância ao passo que visa fornecer dados à comunidade científica á respeito do tema apresentado. A produção dos gráficos e tabela foram boas e facilitaram a disposição dos dados. Em relação à Mortalidade Infantil, dados mostram que vem se tendo uma melhoria desse indicador, porém, que ainda há muito o que se trabalhar, principalmente considerando diferentes realidades, como é exemplo do local onde o presente trabalho foi realizado, uma região que enfrente desafios no âmbito econômico, social, político e de saúde também. Percebi alguns pequenos erros de ortografia/gramática e também alguns no aspecto de Normas e Formatação, algo que acredito não ter influenciado na qualidade do trabalho, más que pode ser melhor trabalhado pelos autores visando qualificar ainda mais suas produções e publicações futuras.

Foto do Usuário Marla Ariana Silva 09-02-2021 12:50:35

O tema é muito relevante e serve para o desenvolvimento de outros estudos similares em regiões diferentes. Sabe-se que a mortalidade perinatal ainda é um tema que possui muitas limitações em âmbito regional e nacional e trabalhos como esse contribuem na identificação dos fatores e desenvolvimento de políticas públicas.

Foto do Usuário Camila Da Silva Hipolito 09-02-2021 12:50:35

Apesar de se tratar de um estudo pontual, certamente reflete a realidade das diversas regiões do país. Texto bem escrito, tema relevante, parabéns aos autores.