artigos
Convibra Conference - DILEMAS E CONFLITOS ÉTICOS VIVIDOS PELA ENFERMEIRA NO CUIDADO AO PACIENTE NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA
DILEMAS E CONFLITOS ÉTICOS VIVIDOS PELA ENFERMEIRA NO CUIDADO AO PACIENTE NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Educação, formação e treinamento em saúde

Acessos neste artigo: 25


Certificado de publicação:
Certificado de Íris Cristy da Silva e Silva

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Vanessa Torres Pereira , Íris Cristy Da Silva E Silva , Marluce Alves Nunes Oliveira , Elaine Guedes Fontoura , Ayla Melo Cerqueira , Déborah De Oliveira Souza , Analu Sousa De Oliveira

ABSTRACT
INTRODUÇÃO: Os enfermeiros intensivistas estão susceptíveis a enfrentar dilemas e conflitos éticos por promoverem assistência direta às pessoas em estado crítico de saúde. Logo, precisam aliar o conhecimento científico à autonomia, ética, e, sobretudo, humanidade a fim de prevenir dilemas e conflitos éticos. OBJETIVOS: Conhecer os dilemas e conflitos éticos vivenciados pelos enfermeiros no cuidado as pessoas em Unidade de Teria Intensiva; identificar como os enfermeiros intensivistas enfrentam os dilemas e conflitos éticos em sua prática; descrever meios para prevenção. METODOLOGIA: Trata-se de uma pesquisa qualitativa realizada com oito enfermeiros da Unidade de Terapia Intensiva de um hospital geral público no município de Feira de Santana – BA. A coleta de dados foi realizada nos meses de outubro e novembro de 2019 por meio de entrevista semiestruturada, para análise dos dados foram utilizadas a técnica de Bardin e a Análise de Problemas morais proposto por Diego Gracia. O Projeto de Pesquisa foi aprovado pelo Comitê de Ética da Universidade Estadual de Feira de Santana, parecer 2.277.332. RESULTADOS: Os relatos demonstram que os enfermeiros, em sua maioria, não entendem o significado de conflitos e dilemas éticos vivenciados na assistência a pessoa na Unidade de Terapia Intensiva, referem que os enfrentam respeitando a ética ou, por vezes, o senso comum e preveni – principalmente –   por meio da comunicação com a equipe multiprofissional, do conhecimento científico, evitando julgamentos, praticando terapias e fazendo meditação. CONCLUSÃO: Enfermeiros vivenciam conflitos e dilemas éticos na prática em Unidade de Terapia Intensiva, porém não conseguem distinguir corretamente tais situações. Para enfrentá-los é necessário a autonomia, conhecimento técnico e científico, para preveni-los faz-se necessário postura ética nas atitudes, comunicação entre a equipe multidisciplinar, a fim de promover o bem-estar da pessoa hospitalizada.
Palavras chave: Ética. Enfermeiros. Unidade de Terapia Intensiva.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

O artigo apresenta um tema bastante atual e relevante no desempenho das atividades laborais do profissional de saúde; destacando as questões éticas que envolvem o ato de cuidar da vida, sempre com respeito à dignidade humana. Os pesquisadores, também com cuidado ético aos participantes da pesquisa, obtiveram aprovação do protocolo pelo Comitê de Ética em Pesquisa. A despeito da limitação do estudo, a análise e os resultados obtidos contribuem para responder a questão de pesquisa e pensar meios para prevenção. A avaliação geral é bastante satisfatória, ainda que haja pontos de melhoria na estruturação e escrita do artigo.

Trabalho com boa escrita, objetivos claros para o que se propõe

Foto do Usuário Arghia Gigli De Souza 09-02-2021 12:50:35

Prezados autores quero parabeniza-los pela pesquisa e por estruturarem tão bem o trabalho, os objetivos foram atendidos e a leitura foi de fácil compreensão. Esta temática sem sombra de dúvidas é de grande relevância uma vez que a prestação de assistência ao usuário tem exigido da enfermagem uma atuação cada vez mais complexa, seja ela nas questões reflexivas técnico-cientificas ou nas éticas e leais. Assim se faz necessário discutir a respeito dos dilemas éticos vivenciados pelo enfermeiro/técnico de enfermagem e equipe de saúde no geral. Afim de preparar o profissional de saúde no enfrentamento deste e na formulação de estratégias eficazes. Sugestões: o uso da voz passiva e impessoalidade se utilizar as normas ABNT e voz ativa e pessoal se utilizada a APA.