artigos
Convibra Conference - A EVOLUÇÃO MUNDIAL DAS APLICAÇÕES DA ENERGIA SOLAR
A EVOLUÇÃO MUNDIAL DAS APLICAÇÕES DA ENERGIA SOLAR

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Administração Ambiental

Acessos neste artigo: 21


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Antonio Carlos Franco , Luciane Silva Franco

ABSTRACT
A necessidade do uso de energia está relacionada com questionamentos econômicos e sociais que impactam na evolução para um desenvolvimento sustentável em âmbito mundial. No entanto, o desenvolvimento de tecnologias resulta no aumento da necessidade por energia e os danos ao meio ambiente, retratando em uma busca por fontes renováveis de energia.  Este estudo tem como propósito avaliar o uso da energia solar em diversos setores. A metodologia usada foi com base no uso do Methodi Ordinatio, com os bancos de dados Science Direct, Scopus e Web of Science, retratando em uma avaliação completa de 25 artigos, sem uso de recorte temporal. Dentre os resultados, evidenciou o uso de energia no aquecimento de água para os restaurantes e banheiros, como energia na geração de eletricidade em equipamentos domésticos, industriais, hospitalares entre outras aplicações, como combustível veicular em meios de transportes sustentáveis, como é o exemplo do transporte público já disseminado em países como China na Ásia e Chile na América do Sul, como alternativa na substituição ao gás natural. Dos artigos avaliados, 39,7% mostram vantagens tanto técnicas e ambientais para a utilização de fontes renováveis de energia solar em inúmeros setores e países. 32,8% relatam que uma evolução humana e financeira necessita da disponibilidade de recursos de energia para a produção de energia elétrica renovável próxima ao cliente final, minimizando as perdas em linhas de distribuição. 27,5% a diversificação da matriz energética industrial demonstra várias vantagens financeiras, ambientais e sociais, portanto, reduzindo a dependência dos recursos fósseis. A utilização de fontes renováveis de energia beneficia para um mundo sustentável, resultando em uma conscientização e parcerias entre instituições de ensino, empresas privadas e sistemas governamentais em uma diminuição de custos e agir de maneira ambiental e competitiva. O processo de toda a cadeia de produção de energia renovável demanda de pesquisas e desenvolvimento (P&D), processos industriais de fabricação de equipamentos adequados. Os resultados são demonstrados neste artigo para avançar, incentivar e aumentar o número de estudos científicos no setor das fontes limpas de energia.
Palavras-chave: Meio ambiente. Energia renovável. Energia Solar. Indústria.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Aline Do Rosário 09-02-2021 12:50:35

O artigo é relevante com a temática da economia contemporânea e para redução de impactos ambientais. A metodologia é bem estruturada e atende aos objetivos da pesquisa. Os resultados foram condizentes com a proposta descrita na introdução. Utilizou autores atuais. Parabéns!

Foto do Usuário Tatiane Karla Freitas Da Costa 09-02-2021 12:50:35

O TEMA É MUITO INTERESSANTE POR SE TRATAR DE UM SETOR QUE VEM CRESCENDO CADA DIA MAIS , O TEXTO FOI BEM EXPLICATIVO.

Foto do Usuário Jonatas 09-02-2021 12:50:35

Artigo interessante e o tema essencial para a conscientização das pessoas para a adoção de atitudes ambientalmente corretas com o uso de fontes lipas de energia para reduzir os impactos ambientais. Parabéns pelo artigo aos autores.

Foto do Usuário Arthur Rodriguês 09-02-2021 12:50:35

A energia solar é uma das alternativas energéticas mais promissoras do novo milênio, ela é inesgotável na escala terrestre de tempo. Estudo muito legal. Parabéns aos autores.

Foto do Usuário Luiz De Godoi 09-02-2021 12:50:35

Tema relevante e achei a estrutura metodológica adotada interessante na seleção dos artigos. Parabéns aos pesquisadores.

Foto do Usuário Alexandre Franco Aranha 09-02-2021 12:50:35

Bem estruturado e de fácil leitura. 1. Questionamento Como energia solar fotovoltaica em seus custos são medidos pela empresas?