artigos
Convibra Conference - QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO: O ESTRESSE E SEU IMPACTO NO AMBIENTE CORPORATIVO E NA VIDA DAS PESSOAS
QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO: O ESTRESSE E SEU IMPACTO NO AMBIENTE CORPORATIVO E NA VIDA DAS PESSOAS

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Gestão de RH

Acessos neste artigo: 19


Certificado de publicação:
Certificado de Débora Scardine da Silva Pistori
Certificado de Maria Teresa Claro Araújo

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Maria Teresa Claro Araújo , Débora Scardine Da Silva Pistori , Fábio José De Souza , Maria Madalena Lazari Kawashima

ABSTRACT
Desde a Revolução Industrial até a atualidade, o ambiente corporativo vem passando por inúmeras transformações. O momento em que se vive e as mudanças constantes, afetam a relação entre indivíduos e organizações. Nessa nova relação, os impactos na qualidade de vida no trabalho e o estresse diário ganham uma dimensão diferente na vida dos colaboradores. Tendo em vista este cenário, a presente pesquisa visa mostrar o impacto do estresse advindo do ambiente corporativo na qualidade de vida das pessoas, buscando o que a literatura diz sobre o tema e, trazendo dados secundários que indiquem esse tipo de ocorrência que abordam um rol de impactos no ambiente laboral e que refletem diretamente na vida dos colaboradores. O levantamento de dados foi feito a partir de pesquisa bibliográfica e exploratória com uso de dados secundários, que foram analisados qualitativamente. Os resultados indicaram que há muito tempo as pessoas procuram o ponto de equilíbrio entre trabalho e qualidade de vida, e que atender as necessidades da empresa na sua busca por resultados e conciliar estes objetivos com os do colaborador é, atualmente, um grande desafio no ambiente corporativo. O estudo aponta ainda, algumas possibilidades de minimizar esses prejuízos com a implantação de ações, que podem servir de exemplo para empresas e pessoas, pois trata-se de uma via de mão dupla onde ambos precisam fazer a sua parte, para que a qualidade de vida realmente seja uma realidade.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Cláudio Bezerra Leopoldino 09-02-2021 12:50:35

O artigo se propõe a avaliar a relação entre a adoção de QVT e a diminuição de fatores estressores e doenças ocupacionais. E não faz isso. A metodologia faz apenas uma coleta e não tem com que comparar os resultados para ver se houve redução de fatores estressores e doenças ocupacionais. A revisão bibliográfica foi prejudicada pelo excesso de APUDS.

Foto do Usuário Cicero Isac Pereira De Oliveira 09-02-2021 12:50:35

artigo elaborado com muito firmeza pois demonstra com clareza seus objetivos e resultados.

Foto do Usuário Rosemeire De Souza Vieira Silva 09-02-2021 12:50:35

O estudo é atual, com um tema relevante para o momento que o mundo está vivendo, bem interessante, no entanto ficou claro o objetivo da pesquisa, gostaria de entender : Qual a sugestão para futuras pesquisas? Sucesso.

Parabens aos colegas pelo trabalho. Como sugestão, seria interessante reestruturar a fundamentação teórica.

Foto do Usuário Bianca Cristiane De Lima Barboza 09-02-2021 12:50:35

Artigo bem estruturado, de fácil compreensão, com tema bastante relevante e coerente. Cumpriu com o objetivo proposto.

Foto do Usuário Claudia Aline De Souza Ramser 09-02-2021 12:50:35

O artigo é atual com um tema relevante, mas o que me preocupa é a coleta pois não foi feita uma amostra representativa para coleta de dados. Bem como a fundamentação teórica não tem uma boa base. Sugiro rever essa parte dos métodos, para se ter um resultado confiável.