artigos
Convibra Conference - Metodologias ativas de ensino-aprendizagem no processo de formação do administrador público.
Metodologias ativas de ensino-aprendizagem no processo de formação do administrador público.

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Ensino e Pesquisa em Administração

Acessos neste artigo: 20


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Donilce Alves De Andrade Nascimento

ABSTRACT
Resumo
Apesar dos avanços tecnológicos e didáticos que estão à disposição de todos nos dias atuais, a formação acadêmica de administradores públicos continua a seguir um caminho tradicionalista baseado apenas em aulas expositivas. Dessa forma, pretende-se buscar neste artigo uma análise histórica sobre o processo de formação do administrador público no Brasil, que foi construído nos moldes de países desenvolvidos, permanecendo até a atualidade com práticas docentes utilizadas desde o surgimento da disciplina. Como alternativa à mudança de um perfil tecnicista desse profissional, serão apresentadas, com base na pesquisa bibliográfica realizada até o momento, as contribuições das chamadas metodologias ativas de ensino-aprendizagem e como podem impactar no processo de formação do administrador público nos contextos técnico, político e social. Existem poucos relatos sobre a aplicação e os impactos de metodologias ativas no curso de Administração Pública, sendo essa a motivação maior buscada neste trabalho.          

Palavras-chave: Administração Pública. Formação superior. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário James Santos Do Bomfim 09-02-2021 12:50:35

Parabéns pela iniciativa! Seguem minhas contribuições acerca do artigo: - Sei que o objetivo aqui não é analisar a formatação, porém o artigo deveria ser escrito no papel timbrado do congresso. - Na introdução poderia estar apresentada a pergunta/problema. - O trabalho carece de uma integração maior entre o assunto funcionalismo público e metodologias ativas. Ficou a sensação de estarmos diante de duas temáticas dissociadas. - Difícil concordar com a argumentação de que as metodologias ativas ensinadas na academia para os estudantes podem provocar uma mudança no cenário do funcionalismo público. Para combater a baixa eficiência do funcionalismo é necessário um conjunto de medidas,legislações e etc. ''...podem mudar esse perfil tecnicista dos administradores públicos'' Sugiro que mude para: ''... aliado a outros fatores (citar, se necessário), a metodologia pode contribuir como um dos elementos capazes de mudar o perfil...'' - A autora precisa atualizar as referências bibliográficas, pois não tem nenhuma citação do triênio (jul/2017 a jul/2020).

Foto do Usuário Priscila Franco Binatto 09-02-2021 12:50:35

O tema é relevante e o artigo está bem escrito. Trata-se de um levantamento bibliográfico, pois não fica clara a produção teórica própria da autora para caracterizar como artigo de revisão. Seria importante rever a metodologia e explicitar melhor como as categorias foram constituídas ou delimitadas segundo o referencial de Bardin e definir também quais foram os recortes temporais, base de periódicos e termos de busca realizados. Seria importante também deixar claras as contribuições identificadas por meio de sistemas de categorias, a fim de atender ao objetivo proposto.