artigos
Convibra Conference - HETEDEROGENIDADE OU HOMOGENIDADE NA ESTRUTURA DE CAPITAIS: UM ESTUDO COMPARATIVO DAS EMPRESAS LISTAS DA B3
HETEDEROGENIDADE OU HOMOGENIDADE NA ESTRUTURA DE CAPITAIS: UM ESTUDO COMPARATIVO DAS EMPRESAS LISTAS DA B3

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Finanças

Acessos neste artigo: 20


Certificado de participação:
Certificado de Oderson Panosso

Certificado de publicação:
Certificado de Oderson Panosso
Certificado de Marcio Aparecido Lucio

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Oderson Panosso , Marcio Aparecido Lucio , Nelson Hein

ABSTRACT
Almazan e Molina (2005) partem da ideia que fatores relacionados ao setor interferem nas escolhas da estrutura de capital das empresas. O objetivo é investigar a heterogeneidade ou homogeneidade das empresas do mesmo segmento quanto a estrutura de capital ao longo de 5 anos. O método de pesquisa foi analise de Cluster. Este método permite que as análises das empresas homogêneas fossem agrupadas em grupos de acordo com homogeneidade da estrutura de capital. Foram selecionados empresas listadas no Ibovespa e os segmentos que continham um número suficiente para análise, consistindo em 5 segmentos, Bens Industriais, Consumo Cíclico e Não Cíclico, Materiais Básicos e Utilidade Pública. Entre os resultados da pesquisa, cabe destacar que a maioria das empresas do mesmo segmento tem se comportado, em relação a estrutura de capital através de indicadores de endividamento, de maneira homogênea. O resultado corrobora com estudo de Londero e Figari (2017). O setor mais homogêneo foi o segmento de materiais básicos. O setor menos homogêneo foi o setor de utilidade pública.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Alexandre Franco De Godoi 09-02-2021 12:50:35

O artigo apresenta méritos na revisão teórica realizada e no método empregado de análise de cluster. No entanto, o artigo apresenta alguns pontos críticos na redação que necessitam ser corrigidos e melhorados. Em linhas gerais, os principais problemas do artigo estão relacionados à correção e adequação do texto à gramática normativa e ortografia da Língua Portuguesa. Existem vários erros na grafia de palavras, falta de acentuação, problemas de pontuação, erros de concordância verbal e nominal, especialmente na seção da Introdução. Além disso, existem algumas palavras perdidas em determinados parágrafos que não fazem sentido no texto. Como exemplo, o próprio título do artigo está incorreto. No texto diz ''Hetederogenidade ou Homogenidade na Estrutura de Capitais: Um estudo comparativo nas empresas listas da B3''. O correto seria ''Heterogeneidade ou Homogeneidade'' e ''empresas listadas''. Outro aspecto, diz respeito ao nome de alguns autores que estão com a grafia incorreta. Além disso, existem autores citados ao longo do texto do artigo não foram inseridos nas Referências. Assim, outro ponto que necessita ser corrigido está relacionado com aspectos da metodologia. O revisor orienta aos autores que verifiquem as normas para citações e construção de referências para adequação do texto. Há uma expressão no texto ''enforcamento de contratos'' que o revisor entende não ser adequada. Seria recomendável que os autores verifiquem a correta expressão para ser aplicada na frase. Além disso, o Quadro 1 sobre a Evolução das teorias sobre a estrutura de capital está incompleto. Por fim, na seção de análise dos resultados, os autores poderiam explorar com maior profundidade os fatores que determinam a homogeneidade da estrutura de capital nos setores analisados, bem como o caso do setor de utilidade pública que apresenta resultados com menor homogeneidade.

Foto do Usuário Antonio Dias Pereira Filho 09-02-2021 12:50:35

O trabalho está organizado e apresentado de modo satisfatório. Resta, entretanto, demonstrar, efetivamente, a sua relevância e oportunidade em relação ao estado da arte em matéria de estrutura de capital, um tema amplamente estudado em finanças.