artigos
Convibra Conference - ASSOCIAÇÃO DAS PROSTITUTAS DE MINAS GERAIS HISTÓRICO, LUTAS, PERSPECTIVAS E DESAFIOS
ASSOCIAÇÃO DAS PROSTITUTAS DE MINAS GERAIS HISTÓRICO, LUTAS, PERSPECTIVAS E DESAFIOS

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Políticas Públicas de Saúde

Acessos neste artigo: 22


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Luiz Carlos Da Cruz , Hédlin Braga Barbosa , Fabrício Henrique Glanzmann Duarte , Marcelo Felix Da Silva , Larissa Lorrane Patrocínio Diniz

ABSTRACT
Este artigo objetivou a desenvolver uma análise intersetorial e intercultural sobre a importância da Associação das Prostitutas de Minas Gerais (APROSMIG), localizada na rua Guaicurus, no centro da cidade de Belo Horizonte e considerada a maior zona de meretrício do estado de Minas Gerais. Para articular o tema proposto, utilizou-se um estudo descritivo do tipo relato de experiência, com perguntas a informantes chaves constituindo-se como pesquisa qualitativa e exploratória. Os resultados demonstraram que a intersetorialidade, apesar de frágil, se faz presente no cotidiano da associação por meio de ações de apoiadores destinadas à missão da APROSMIG e que a interculturalidade é manifestada por meio de movimentos culturais na região da “Zona Boêmia Belo Horizontina” sendo a participação em eventos culturais como no bloco de carnaval “Então Brilha” e na “Virada Cultural”, exemplos da busca de visibilidade e de formas de integração da classe e da associação na sociedade civil, isto além da criação do “Museu do Sexo” e do “Concurso Miss Prostitutas” que são considerados estratégias para apresentar à sociedade um pouco da história da profissão e seu desenvolvimento local, isto além da tentativa de promover a valorização da classe, a diminuição do preconceito e o objetivo comum de promover uma maior interação e aceitação pela sociedade civil.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Luiz Carlos Da Cruz 09-02-2021 12:50:35

Trata-se de um estudo que dá foco a uma população discriminada por parte da sociedade, mas que retrata um caminho ainda longo para uma eficácia da intersetorialidade

Foto do Usuário Marco Aurélio De Sousa 09-02-2021 12:50:35

Estudo muito interessante que permite visibilidade a uma população de grande vulnerabilidade em nossa sociedade. Questionamentos: Ao realizar o estudo, quais foram os principais desafios encontrados em relação a vulnerabilidade à saúde? Foi possível verificar fatores associados ao risco/proteção às infecções sexualmente transmissíveis?

Foto do Usuário Ingrid Ney Kramer De Mello 09-02-2021 12:50:35

Parabéns pelo trabalho. Por abordar um tema tão polemico, de forma clara.

Foto do Usuário Joyce Mazza Nunes Aragão 09-02-2021 12:50:35

Artigo relevante e atual, ao lançar o olhar a uma população discriminada e estigmatizada historicamente.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.