artigos
Convibra Conference - ABORDAGEM ETNOGRÁFICA DA COCRIAÇÃO DE VALOR: O CASO DE UM MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO NO SUL DO BRASIL
ABORDAGEM ETNOGRÁFICA DA COCRIAÇÃO DE VALOR: O CASO DE UM MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO NO SUL DO BRASIL

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Ensino e Pesquisa em Administração

Acessos neste artigo: 23


Certificado de publicação:
Certificado de Flávio Régio Brambilla
Certificado de Maicon da Silva
Certificado de Maicon da Silva

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Flávio Régio Brambilla , Maicon Da Silva

ABSTRACT
O presente estudo objetiva fazer uma análise através do método observacional da cocriação de valor no ensino superior privado na sala de aula em um programa de pós-graduação stricto sensu em uma Universidade situada no Rio Grande do Sul, Brasil. Para alcançar esse objetivo, a metodologia de pesquisa utilizada foi um estudo de caso qualitativo exploratória, por meio de uma abordagem etnográfica. Identificou-se que no ambiente da universidade ocorre a participação, interação, relacionamentos e troca mútua de experiências entre professor e aluno. Com relação aos resultados obtidos, o constructo da pesquisa aponta para evidências de que a cocriação de valor ocorre pela interação entre aluno e professor no ambiente de sala de aula, centrado no valor do saber.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Natalia Bousquet Batista 09-02-2021 12:50:35

Se atentar ao template de submissão para o evento. Trabalho bem escrito e analisado. Apresenta referências relevantes, que servem como base para a argumentação proposta no artigo. Método bem utilizado como ferramenta para teste empírico. Conclusões propositivas.

Foto do Usuário Daniel Nascimento E Silva 09-02-2021 12:50:35

A co-criação é um assunto tão importante e relevante atualmente que apenas no ano de 2020 já apresenta 1.120 estudos científicos (teórico-empírico) publicados. Infelizmente, o manuscrito avaliado parece não os ter levado em consideração porque não apresentou uma arquitetura passível de ser testada empiricamente. Isso refletiu no próprio objetivo proposto, ambíguo, de fazer uma análise do fenômeno sem precisar o foco (por exemplo, analisar se o processo de co-criação...), em que a partícula direcionadora ''se'' está ausente. A metodologia não detalha como cada uma das três fontes de evidências (mínimo para dar validade ao método estudo de caso) serão trianguladas para gerar cada resultado. O estudo não apresenta resultados explícitos com a estrutura sujeito+verbo+predicado que permita discutir os achados empíricos com uma arquitetura teórica (inexistente no manuscrito).

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.