artigos
Convibra Conference - CLUSTERS INDUSTRIAIS E INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS: UMA REFLEXÃO TEÓRICA
CLUSTERS INDUSTRIAIS E INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS: UMA REFLEXÃO TEÓRICA

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Globalização e Internacionalização de Empresas

Acessos neste artigo: 18


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Gustavo Barbieri Lima

ABSTRACT
O objetivo central deste estudo é realizar um ensaio teórico e promover a reflexão acerca dos temas clusters industriais e internacionalização de empresas, com o intuito de contribuir para o enriquecimento do conhecimento neste campo de estudo de redes de cooperação inter-organizacional. Em alguns casos, os ‘laços” entre empresas integrantes de clusters ou APLs não são explorados na sua totalidade para se obter uma performance exportadora desejável. Assim sendo, urge que os segmentos governamentais e empresariais, assim como entidades de classe dêem ainda mais atenção à essas redes de cooperação inter-organizacional, visando-se promover as exportações brasileiras. Tal lacuna, tem sido veementemente aperfeiçoada pela Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX-Brasil) via Projetos Setoriais Integrados (PSIs) de vários setores ou segmentos produtivos. É notório que o tema clusters ou arranjos produtivos locais não é um assunto novo tanto no âmbito empresarial, governamental ou acadêmico. Todavia, é um campo do conhecimento que ainda necessita ser explorado de forma mais assertiva para que se possam obter as vantagens competitivas que tais aglomerações de empresas oferecem, dentre elas a internacionalização de empresas, o incremento das exportações, ampliar a pauta de produtos exportados e a promoção comercial das exportações.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Francisco Américo Cassano 09-02-2021 12:50:35

O objetivo poderia contemplar uma ação intelectual capaz de refletir a contribuição e o enriquecimento do conhecimento. A revisão da literatura não acompanhou a evolução dos temas, principalmente a internacionalização de empresas. Os resultados apresentados atingiram o objetivo proposto pelo Autor, porém, com o incremento da revisão bibliográfica e a possível alteração do objetivo (por uma ação mais intelectualizada) o ensaio teórico ficará mais robusto.

Foto do Usuário Virginia Do Socorro Motta Aguiar 09-02-2021 12:50:35

Pergunta: Os consórcios de exportação são ainda considerados como boa estratégia para contribuir para a internacionalização de empresas? Sugestão: Não é necessário colocar parágrafo e aspas nas citações recuadas.

Foto do Usuário Anna Paula Barros Da Silva 09-02-2021 12:50:35

O tema apresentado é bem relevante para cenário atual, apesar de encontrar alguns erros, a pesquisa foi bem desenvolvida. Aconselha-se utilizar artigos recentes e mapear os principais autores tema.

Foto do Usuário Ana Luisa Menna Barreto Amil 09-02-2021 12:50:35

Achei o tema relevante, como os vínculos de cooperação tem peso para promoção da competitividade e viabilização da permanência no mercado de atuação, como fonte de vantagem competitiva. como sugestão um estudo de caso brasileiro teria ilustrado melhor o tema. Qual o aspecto comun encontrado nessas empresas que se associam em vínculos de cooperação.

Foto do Usuário Hélder Uzêda Castro 09-02-2021 12:50:35

O tema é bem relevante. O trabalho está bem escrito, cabendo uma pequena revisão de Língua Portuguesa – pontuação, vocabulário etc. Sobre a proposta do ensaio teórico, penso que poderia ter estabelecido um espaço temporal acerca das referências e pensamentos utilizados, talvez, trazendo textos ou autores mais atuais.

Foto do Usuário Dejair Dutra De Souza 09-02-2021 12:50:35

O artigo apresenta conceitos extremamente importantes para o debate acerca do Desenvolvimento Regional, uma vez que esclarecem conceitos chaves que podem ser adotados por cidades ou regiões para o seu desenvolvimento.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.