artigos
Convibra Conference - INOVAÇÕES EM COMUNICABILIDADE NOS PORTAIS DE GOVERNO DE ESTADOS BRASILEIROS PARA CONTER A PANDEMIA DA COVID-19
INOVAÇÕES EM COMUNICABILIDADE NOS PORTAIS DE GOVERNO DE ESTADOS BRASILEIROS PARA CONTER A PANDEMIA DA COVID-19

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Administração Pública

Acessos neste artigo: 20


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Gisele Victor Batista , Nadine Victor Batista

ABSTRACT
Para promover a melhoria na comunicação entre organizações públicas e sociedade, especialmente em tempos de crise sanitária, como a vivida atualmente em função do novo coronavírus – Covid-19, os governos precisam inovar em termos de estratégias de comunicabilidade. Voltadas a promover uma interação comunicativa efetiva, tais estratégias permitem o acesso às informações públicas de qualidade, estabelecem uma aproximação do cidadão e governo através de uma variedade de canais de comunicação, e permitem a promoção e difusão de medidas de políticas do governo. Para conhecer as estratégias usadas pelos governos estaduais, este artigo se propôs analisar as inovações em comunicabilidade para o combate à Covid-19 utilizadas em portais de governo dos 10 Estados brasileiros mais atingidos pela pandemia. O resultado encontrado aponta que alguns governos se destacam e inovam em termos de comunicabilidade e canais de comunicação, via portal governamental, como os estados de São Paulo, Espírito Santo, Bahia, Ceará, Santa Catarina e Paraná, que utilizam métodos simples, mas inovadores para estabelecer bom canal de comunicação com a população. São exemplos de iniciativas de sucesso em que, ainda, não é possível se perceber as decorrências concretas destas ações, mas elas já permitem observar as janelas de oportunidades que estes estados utilizam para manter uma gestão aberta e interativa com o cidadão.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Marcos André Da Silva 09-02-2021 12:50:35

Estabelecer 10 estados mais atingidos pela pandemia é um complicador, pois essa situação depende do período devido a evolução da doença variar em função do tempo de estado para estado.

Parabéns, Nadine e Gisele! É satisfatório ler um texto claro e fluido. A construção do artigo atingiu o objetivo proposto inicialmente de “analisar as inovações em comunicabilidade para combater à Covid-19 utilizadas em portais de governo dos 10 Estados brasileiros mais atingidos pela pandemia”, sem deixar de explicar os termos nele abordados, como: “comunicabilidade”, para o entendimento do todo proposto. Como vocês trazem no artigo, é importante que estas inovações posam melhorar o contato entre cidadão e Estado, pois ambos são essenciais para a promoção de políticas públicas de qualidade. Acredito que os bons exemplos podem ser replicados para outras regiões do país, corroborando com a comunicabilidade entre os dois atores aqui abordados.

Foto do Usuário Tathiane Dalmut Isoton 09-02-2021 12:50:35

O artigo é bastante interessante, porém acredito que o intervalo de tempo analisado poderia ser maior, podendo está ser uma sugestão para estudos futuros, visto que, o esse cenário compromete todos os Estados do país. Outra questão é sobre a falha na divulgação das informações pelas Secretarias de Saúde, pois em muitos casos, os pacientes não procuram a rede SUS e acabam não sendo notificados, nesse caso, qual o método que o Governo utiliza para que os números sejam os mais reais possíveis?

Foto do Usuário José Sérgio De Aragão Silva 09-02-2021 12:50:35

Quero parabenizar as autoras pelo trabalho. O artigo faz uma grande prestação de serviço principalmente nessa época de pandemia em que é preciso informar aos cidadãos todos os serviços de saúde que estão disponíveis para a população. Achei o período de pesquisa muito curto apenas 2 dias e bem no início da pandemia onde os governos ainda estavam se adaptando a nova realidade, o que pode não condizer com a realidade atual para quem lê o artigo hoje. A pergunta é justamente por que não analisar a situação em um período maior para obter informações mais atuais?