artigos
Convibra Conference - EFEITO DA DENSIDADE DE PLANTIO X APLICAÇÃO POTÁSSICA NAS VARIÁVEIS NÚMERO DE ENTRE NÓS E ALTURA DE PLANTAS NA CULTURA DA CANA-DE-AÇÚCAR.
EFEITO DA DENSIDADE DE PLANTIO X APLICAÇÃO POTÁSSICA NAS VARIÁVEIS NÚMERO DE ENTRE NÓS E ALTURA DE PLANTAS NA CULTURA DA CANA-DE-AÇÚCAR.

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agricultura

Acessos neste artigo: 22


Certificado de participação:
Certificado de Antônio Veimar da Silva

Certificado de publicação:
Certificado de Antônio Veimar da Silva

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Glauco Miranda Lins Da Silva , João Henrique Barbosa Da Silva , Fabio Mielezrski , Edivanilton Alves Araruna Júnior , Antônio Veimar Da Silva

ABSTRACT
A cana-de-açúcar é uma cultura adaptada a diversas condições edafoclimáticas o que tornou o Brasil o maior produtor dessa cultura, porém sua produção é limitada em solos com baixa fertilidade e até mesmo a baixa ou alta densidade de plantio podendo diminui significativamente a produção e a produtividade dessa cultura. Nesse sentido, objetivou-se nessa pesquisa verificar o efeito da densidade de plantio verso aplicação de potássio nas variáveis número de entre nós e altura de plantas na cultura da cana-de-açúcar. O delineamento experimental adotado foi DBC em esquema fatorial 5x2 (5,10,15,20,25 gemas por metro e a adubação com e sem adubação de cobertura). Foram avaliadas o numero de entre nós e a altura da planta. A aplicação de potássio teve efeito significativo tanto no número de entre nós quanto altura da planta, sendo a utilização de 5 plantas por metro linear a mais indicada para ambas as variáveis nas condições desse experimento.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Fernando Rodrigues Cabral Filho 09-02-2021 12:50:35

O trabalho está muito bem apresentado e possuí relevância para o setor.

Foto do Usuário Bruno Marcos Nunes Cosmo 09-02-2021 12:50:35

O estudo apresenta relevância pois traz uma cultura de importância econômica e avalia pontos em alta na agricultura moderna. Contudo, destacam-se alguns pontos que poderiam ter sido explorados melhor no trabalho: A) Os autores dispunham de até 20 páginas para abordar seu estudo, então seria interessante ter inserido o título, resumo e palavras chaves em inglês, mesmo não sendo elementos obrigatórios, pois incorporam o trabalho e não havia nenhum tipo de restrição com relação ao tamanho do estudo; B) O desenvolvimento do estudo como um todo apresenta-se bem fundamentado em conteúdo, contudo, existem vários erros ortográficos a serem corrigidos; C) Como principal crítica, encontra-se a abordagem da análise estatística, a falta de interação dos fatores avaliados, leva a sua analise isolada quando os fatores forem significativos separadamente, ou seja, a Tabela 3, não deveria apresentar desdobramento, mas apenas as médias com e sem potássio. A discussão que segue após a Tabela 3 ainda cita os resultados dos níveis do fator densidade (número de gemas), contudo, uma vez que estas não foram significativas é errôneo apresentar e discutir seus resultados de forma fragmentada ou seja, a densidade não afeta as variáveis, apenas a aplicação ou não de potássio e este fator é o único que deve ser verdadeiramente comparado. Por fim, apesar das considerações anteriores, o trabalho é relevante e atrativo ao leitor, necessitando, porém de uma readequação/ reestruturação das considerações estatísticas dos resultados.