artigos
Convibra Conference - Primeiro registro de Sphictyrtus chrysis (Lichtenstein, 1796) em cultivos de pitaya no estado de Santa Catarina
Primeiro registro de Sphictyrtus chrysis (Lichtenstein, 1796) em cultivos de pitaya no estado de Santa Catarina

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Entomologia

Acessos neste artigo: 29


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Alessandro Borini Lone , Marcelo Mendes De Haro

ABSTRACT
O cultivo de pitaya no estado de Santa Catarina vem aumentado a cada ano
gerando demandas por parte dos produtores. Por se tratar de uma cultura nova, mesmo
ao nível de Brasil, pouco se sabe sobre os insetos associados à cultura. Sendo assim,
objetivou-se esclarecer o agente causal dos danos causados em cultivos de pitaya de
Santa Catarina, identificando a espécie e possíveis riscos da presença da mesma.
As coletas e observações foram realizadas no litoral norte e sul de Santa Catarina,
durante a fase reprodutiva das plantas, nos botões florais e frutos em desenvolvimento
das espécies Hylocereus undatus, H. polyrhizus, H. costaricenses e Hylocereus
megalanthus. A identificação da espécie foi procedida por meio da caracterização
taxonômica de estruturas presentes nos indivíduos. Durante as amostragens foi
identificada pela primeira vez a espécie de percevejo Sphictyrtus chrysis (Lichtenstein,
1796) (Hemiptera: Coreidae) atacando pitaya em Santa Catarina. O adulto mede cerca
de 15-16mm de comprimento, possui cabeça -avermelhada e olhos pretos interligados
por uma faixa preta na extremidade posterior da cabeça. A parte inicial do tórax do
inseto é azul-verde brilhante, delimitado por duas faixas avermelhadas nas extremidades
anterior e posterior. Quando o ataque se dá em frutos em maturação, devido ao seu
hábito sugador, os mesmos apresentam cicatrizes originárias das puncturas, inúmeras
pontuações que se tornam enegrecidas, formando uma cicatriz espessa e diminuindo seu
valor de mercado. Além disso quando o ataque acontece em frutos em desenvolvimento
ou botões florais pode haver murcha e consequente aborto da referida estrutura. Estes
insetos podem também atacar brotações novas e brácteas, causando problemas de
desenvolvimento.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Jacqueline Dalbelo Puia 09-02-2021 12:50:35

Primeiros relatos, e novas adaptações são sempre importantes.

Foto do Usuário Aquirya Pinheiro 09-02-2021 12:50:35

Parabéns pela pesquisa. A identificação de potenciais pragas em culturas são de grande importância.

Tema de grande importância e revelância para entomologia, porém não houve conclusão e fechamento sobre o trabalho.

Foto do Usuário Claudemir Antonio Garcia Fioratti 09-02-2021 12:50:35

O trabalho apresentou um tema de grande importância. A identificação de e relatos de novas são de em suma importâncias para trabalhos futuros. Sugestão, seria inserir uma conclusão e propostas para pesquisas futuras.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.