artigos
Convibra Conference - CARACTERÍSTICAS QUÍMICAS DE SOLO CULTIVADO COM TOMATEIRO IRRIGADO COM ÁGUA RESIDUÁRIA DE BOVINOCULTURA DE LEITE
CARACTERÍSTICAS QUÍMICAS DE SOLO CULTIVADO COM TOMATEIRO IRRIGADO COM ÁGUA RESIDUÁRIA DE BOVINOCULTURA DE LEITE

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Ciências do solo

Acessos neste artigo: 20


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Marcos Filgueiras Jorge , Leonardo Duarte Batista Da Silva , Dinara Grasiela Alves , Geovana Pereira Guimarães , Jonathas Batista Gonçalves Silva

ABSTRACT
Águas residuárias da bovinocultura de leite, oriundas do grande volume de água que é utilizado para a limpeza das fezes e urina, vêm sendo ultimamente utilizadas com maior frequência na irrigação por repor ao solo muito dos nutrientes necessários para o desenvolvimento de uma cultura. Além disso, é uma forma ecologicamente correta de reciclar os resíduos gerados no setor produtivo, desde que manejada com critérios técnicos. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da fertirrigação com água residuária da bovinocultura de leite sobre as características químicas do solo cultivado com o tomateiro. O trabalho foi realizado de maio a setembro de 2012. Os tratamentos consistiram de seis doses de nitrogênio (0, 50, 100, 200, 300 e 400%) com base na recomendação para o tomateiro (100 kg ha-1) fornecida por meio da fertirrigação com água residuária de bovinocultura de leite. O experimento foi conduzido em um arranjo completamente aleatorizado, sendo cada tratamento constituído por oito repetições de parcelas com quatro plantas, totalizando 32 plantas em cada tratamento. As variáveis avaliadas foram: fósforo, nitrogênio, potássio, cálcio, matéria orgânica, ferro, manganês e pH. Os resultados foram submetidos à análise de variância (p?0,05); sendo significativos, estes foram testados por modelos de regressão. A aplicação de água residuária de bovinocultura de leite ocasionou alterações químicas no solo apenas na concentração de cálcio, os demais nutrientes avaliados não apresentaram diferenças significativas. A adubação utilizando água residuária da bovinocultura de leite como fonte de nutrientes é parcial, sendo necessária uma adubação complementar.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Alisson Marcos Fogaça 09-02-2021 12:50:35

O trabalho apresenta a investigação da alterações químicas de um solo cultivado com água residuária da bovinocultura de leite. Em termos gerais a pesquisa é consistente e a metodologia é robusta. Sugiro que os autores avaliem todos os nutrientes da água residuária para confirmar se a alteração de Ca no solo é proveniente do tratamento ou se pode ser da solubilização do calcário. Atento as discussões para não perder o foco do trabalho, sugiro discutir como as informações da literatura explicam os resultados obtidos e como isso leva a uma conclusão.

Foto do Usuário Jorge João Delfim 09-02-2021 12:50:35

O trabalho esta bem estruturado e apresentado de forma geral. porque é que não avaliaram tambem os teores de calcio na água residual utilizada na rega? para assim confirmar melhor o seu incremento no solo, tendo em conta que o solo ja tinha inicialmento o nivel consideramel de Ca. Jorge Delfim

Foto do Usuário Alvaro Graeff 09-02-2021 12:50:35

Único comentário a fazer é confirmar a origem do Ca. Veio do sistema ou é a degradação do calcareo.

Foto do Usuário Leydiane Pereira Dias 09-02-2021 12:50:35

Um trabalho bem preparado de forma atual, trouxe conhecimento com o mesmo de forma bem relevante.

Foto do Usuário Jefrejan Souza Rezende 09-02-2021 12:50:35

Bom trabalho. Senti falta da análise de Ca e K da água residuária. Isso iria explicar muita coisa. Esses tipos de resíduo são ricos nesse nutrientes, bem mais do que P por exemplo. Qual o principal ganho com o uso desse resíduo? e no aspecto ambiental?