artigos
Convibra Conference - AVALIAÇÃO DE CALLS REALIZADA POR ANALISTAS DE MERCADO SUPERA O IBOVESPA EM PERÍODOS DE VOLATILIDADE?
AVALIAÇÃO DE CALLS REALIZADA POR ANALISTAS DE MERCADO SUPERA O IBOVESPA EM PERÍODOS DE VOLATILIDADE?

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Finanças

Acessos neste artigo: 19


Certificado de publicação:
Certificado de Rodolfo Vieira Nunes
Certificado de Rodolfo Vieira Nunes

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Rodolfo Vieira Nunes , Marcus Vinicius De Lima Addario , George André Willrich Sales

ABSTRACT
As sugestões dos analistas passam por inúmeras questões sobre risco e retorno, e sobre os benefícios da diversificação de carteiras. O objetivo cerne desse artigo é verificar se as recomendações dos analistas de mercado referente a compra de ativos, a Carteira Valor, tem maior rentabilidade que o Ibovespa em determinado período. O artigo busca compreender o comportamento da Carteira Valor e do Ibovespa entre 2014 e 2016, períodos de volatilidade. Adotou-se uma metodologia experimental, exploratória e quantitativa para o estudo, em relação a verificação da rentabilidade das carteiras por meio da anormalidade de retorno e anormalidade de retorno acumulado, os dados foram obtidos junto a base de dados Economatica. O resultado evidenciou uma anormalidade em relação aos retornos, estabelecendo uma comparação se houve ou não retorno excedente das ações recomendadas. De modo que, os achados demonstram que a Carteira Valor obteve um retorno maior que o Ibovespa entre os anos analisados, porém fica claro que por ter um risco maior (alta volatilidade) a Carteira Valor não é indicada para alguns perfis de investidores conservadores.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário José De Pietro Neto 09-02-2021 12:50:35

a apresentação dos retornos acumulados graficamente no período não seira mais adequada? Como foi feita a alocação de recursos em cada ativo da CV(proporcional ou foram privilegiados os ativos que mais apareceram)? Melhorar a apresentação dos resultados, expandir o tempo de análise, incluir a proporção de investimentos em cada ativo e privilegiar os mais indicados

Foto do Usuário Alexandre Pedroso 09-02-2021 12:50:35

A pesquisa aborda um tema muito interessante, com uma linguagem clara e objetiva, ressaltando pontos importantes, como alguns vieses do investidor individual que faz com que este siga determinada recomendação sem um prévio estudo do ativo, ademais a pesquisa utilizou referências atuais e/ou de autores renomados. Quanto aos procedimentos metodológicos, os autores do artigo o desenvolveram de uma forma clara, seguindo a norma padrão. Fica a ressalva de que o artigo poderia poderia ter incluído na comparação ativos de renda fixa e explicar melhor como foi feita a alocação dos ativos da CV.

Foto do Usuário Alex De Souza Avelar 09-02-2021 12:50:35

O artigo poderia ter considerado os excessos de retornos, ou seja retornos dos ativos acima da renda fixa. Isso poeria destacar resultados diferentes, embora piores, tanto para as carteiras de valor quanto para o benchmark. Por que o artigo não apresentou uma medida de volatilidade como desvio padrão dos retornos?

Foto do Usuário Bruna Alves Da Silva 09-02-2021 12:50:35

O artigo apresentou um tema relevante dentro do contexto de rentabilidade, a influência exercida pelos analistas de mercado e com resultados interessantes. Todavia a metodologia utilizada poderia ter abrangido o VAR do período estudo e os retornos dos DP