PROBLEMÁTICAS AMBIENTAIS NO CEMITÉRIO SÃO JOÃO BATISTA FOZ DO IGUAÇU - PR

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Administração Ambiental

Temas Correlatos: Administração Pública;

Acessos neste artigo: 21


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Andre Luis Machado

ABSTRACT
O presente trabalho relaciona os cuidados com o meio ambiente e a administração dos cemitérios. Devido à falta de planejamento, esses empreendimentos tornaram- se atividades de risco ambiental e devem ser objetos de recuperação a fim de conservar nossa saúde e qualidade de vida. Evitar doenças ocasionadas pela água contaminada e desastres pluviométricos deve fazer parte do planejamento urbano desenvolvido pelas prefeituras, diminuindo assim algumas condições ambientais desfavoráveis. Observa-se no desenvolvimento deste trabalho, as condições críticas das estruturas dos jazigos no ambiente pesquisado, a inobservância das leis ambientais e a erosão do solo do terreno, ocasionada pelas chuvas. Além das observações realizadas através de visitas locais e pesquisas bibliográficas em livros eletrônicos e artigos na internet, as entrevistas também foram de extrema importância para justificar o desenvolvimento deste artigo. Sendo assim, conclui-se que os cemitérios, de uma forma geral, são áreas que necessitam de adequações estruturais para haver concordância com as leis ambientais regulamentadas pelos órgãos competentes nos últimos anos, garantindo assim a conservação dos lençóis freáticos, a estabilidade do solo e a potabilidade da água do nosso planeta.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS