CRESCIMENTO INICIAL DE Pennisetum purpureum (Schum.) CV. PIONEIRO IMPLANTADO COM DIFERENTES TIPO DE MUDAS E DENSIDADES DE PLANTIO NO MEIO OESTE CATARINENSE

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agricultura

Acessos neste artigo: 5


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível
AUTORIA

Cristiane De Lima Wesp

ABSTRACT
Esse trabalho objetivou verificar a velocidade de crescimento inicial de capim-elefante, cv. Pioneiro destinado ao pastejo, quando implantado a campo oriundo de dois diferentes tipos de materiais propagativos (muda de estaca e muda pré-enraizada em canteiro) implantado em três diferentes densidades de plantio (14.000, 20.000 e 28.000 plantas/hectare). Mudas oriundas de estacas são mais indicadas para a implantação de “capim-pioneiro” por apresentarem crescimento inicial mais rápido e facilidade para implantação à campo. O método mais indicado para a adequada implantação de “capim-pioneiro” ocorre quando se utiliza material propagativo oriundo de estacas maduras implantadas a campo com a densidade de 28.000 plantas por hectare. 

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários