INTEGRALIDADE DO PEDIGREE DA RAÇA RABO LARGO

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Ciências animais / Zootecnia

Acessos neste artigo: 15


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Andrei Dos Santos Souza , Jurandir Ferreira Da Cruz , Natália Deniz Brito , Jennifer Souza Figueredo , Lorena Santos Sousa , Rosilene Gomes De Souza Pinheiro , Kaike Soares Oliveira Lacerda , Jaislânia De Jesus Nunes , Sahra Gaier Stadlober

ABSTRACT
 Objetivou-se determinar e analisar a integralidade do pedigree da raça Rabo Largo. Foram avaliados dados de pedigree 1.860 animais nascidos no período de 1978 a 2015. Para a análise do pedigree foi utilizado o programa ENDOG v.4.8. Do total de indivíduos estudados, 65,48%, 50,80%, 41,92%, 33,93%, e 28,28%, possuíam pedigree na primeira, segunda, terceira, quarta e quinta ascendência, respectivamente. Em conclusão o nível de integralidade dos pedigrees da raça Rabo Largo é baixo, o que pode interferir nos valores dos parâmetros que tem como base de cálculo as informações da ancestralidade.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Julia Machado Bomfim De Faria 11-05-2021 20:26:20

Parabéns aos autores pelo trabalho de grande importância e relevância na Medicina Veterinária. Como sugestão digo apenas que a finalidade de utilização da raça poderia ter sido citada, se ela é utilizada para corte ou para leite. Minha pergunta aos autores é: Qual a importância e influência que um alto nível de pedigree traz para a produção dessa raça?

Foto do Usuário Francielle C. Roberto 13-05-2021 20:19:08

Ótimo trabalho, de grande relevância já que aborda sobre uma raça pouco difundida entre o meio. A sugestão é que sejam citadas mais vantagens que a raça traria para o rebanho do criador e quais os possíveis motivos para que a raça apresente apenas poucos núcleos como citado na introdução.