AVALIAÇÃO DA ACTIVIDADE ANTIBACTERIANA DOS EXTRACTOS DAS FOLHAS DE Psydrax locuples (K. SCHUM.) BRIDSON

Temas: Microbiologia


Certificados:
Não disponível

Acessos nesse artigo: 2


AUTORIA

Vanina Saete

ABSTRACT
A partir do século XX, frente às várias mudanças engendradas pelo momento político, económico e também da saúde, algumas práticas populares, dentre elas, o uso terapêutico das plantas, começaram a ser resgatadas no meio científico, não no sentido de se contraporem às alopáticas mas no de actuarem como complementares às práticas de saúde vigentes (Alvim, 2006).
No entanto, apenas uma pequena parte destas já foram estudadas e tiveram as suas acções farmacológicas comprovadas cientificamente. Psydrax locuples (K. Schum.) Bridson  é o exemplo de uma planta ainda pouco estudada, pertencente à família Rubiaceae, distribuída em Moçambique pelas províncias de Gaza, Maputo e Inhambane, onde é popularmente usada para a prevenção de espasmos musculares e para o tratamento de febre (Bandeira, et al., 2007), vómitos, diarreia, dor de cabeça e cólicas abdominais em recém-nascidos e crianças (Orlando, 2016), com pouca comprovação da sua actividade farmacológica, o que constitui um grave problema de Saúde.

No presente trabalho, foi feita a avaliação da actividade antibacteriana dos extractos (hexânico, diclorometánico, acetoetilénico, etanólico e aquoso) das folhas de Psydrax locuples (K. Schum.) Bridson, contra estirpes das bactérias Staphylococus aureus (ATCC 29213), Pseudomonas aeruginosa (ATCC 27853), Vibrio cholerae e Enterococcus faecalis (ATCC 29212). Os extractos foram obtidos por maceração. A avaliação da actividade foi feita usando o método de Kirby-Bauer (difusão em disco) modificado (NCCLS, 2003).

Nos extractos Hexânico e aquoso observou-se actividade contra todas as cepas bacterianas. Os extractos hidroetanólico e aquoso apresentaram actividade antibacteriana contra Vibrio cholera e Enterococcus faecalis respectivamente, com uma CIM de 500mg/ml.
A espécie Psydrax locuples (K. Schum.) se apresenta como uma fonte promissora de metabólitos que possuem actividades antibacteriana.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Saquina Cassamo Rugunate 16-04-2021 13:02:01

O artigo é interessante e a leitura do texto flui devidamenete. Gostava de perceber da autora, quais foram as motivações para a seleccão das bactérias estudadas?

Foto do Usuário Tais Ferreira De Almeida 16-04-2021 17:18:43

O trabalho é interessante, porém, o autor não atende ao padrão de resumo expandido ou artigo na formatação do trabalho. Portanto o trabalho DEVE ser ajustado para uma escrita e apresentação de resumo expandido (até 5pág.) ou artigo (até 18pág.). Dessa forma, toda a revisão, metodologia e apresentação dos resultados deve ser reestrutura para esse tipo de publicação.

Foto do Usuário Rayka Kristian Alves Santos 17-04-2021 00:57:44

Tema interessante que contribui para a explanação sobre o crescimento de bactérias em certas plantas ou ate mesmo a falta de seu crescimento devido a alguns compostos inibitórios, e esse reconhecimento pode servir de forma de controle de determinados patógenos em algumas espécies.