Viabilidade e Vulnerabilidade na Produção de Leite de Cabra

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agronegócios

Acessos neste artigo: 12


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Carlos Augusto De Oliveira

ABSTRACT
As simulações realizadas com base no banco de dados formado pelo Projeto Gerocabra Rastrear ao longo de pouco mais de 15 anos, permitiram concluir que a cada 10% de redução no índice de natalidade há aumento de 9,7% no custo de produção do leite e a diminuição em torno de 14,5% na relação benefíco/custo (B/C) em relação as imobilizações de capital relacionadas ao empreendimento. Que há respectivos aumentos no custo de produção do leite em relação a persistência dos dias de lactação nas seguintes proporções; de 300 para 270 dias aumento de 13,3%, de 270 para 240 dias de 45,7%, de 240 para 210 dias de 75,2% e de 210 para 180 dias de 114,2%. Que a recria de todas as fêmeas produzidas pelo sistema de produção e não a recria apenas das fêmeas com finalidade de repor mortalidade e descartes operacionais das matrizes eleva o custo de produção do leite em 8,9%. As diversas observações permitiram supor que a manutenção de melhores índices de natalidade, persistência de lactação e recria de fêmeas dentro do limite dos níveis de descartes programados de matrizes, são aspectos que visam melhorar a competitividade dos caprinocultores leiteiros, diantes das adversidades normais provocadas pelo mercado do leite de cabra na fase de produção.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Antonio Bliska Júnior 14-05-2021 11:21:23

Excelente trabalho em um segmento que acredito ter enorme potencial de mercado junto aos consumidores mas que carece de organização, apoio de políticas públicas e aporte de recursos através de linhas de crédito com uso de índices técnicos, assistência, etc...Questões como vulnerabilidade, sustentabilidade, etc...são muitas vezes mais prementes que questões técnicas pontuais.