MONITORAMENTO DA VARIABILIDADE DA SOJA EM UM TALHÃO EM PONTA PORÃ POR IMAGENS DE SATÉLITE

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agronegócios

Acessos neste artigo: 6


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Jackeline Leandro Dublim , Karina Fátima Escobar Soares

ABSTRACT
Apesar de vários problemas relacionados aos transportes e armazenamento dos grãos no país, o Brasil continua sendo um grande produtor de oleaginosas, possuindo um aumento significativo de produção a cada safra. O estado de Mato Grosso do Sul participa satisfatoriamente dessa crescente produtividade, toda essa expansão da produtividade do estado ocorreu devido as inovações tecnológicas fornecidas para os produtores que estão decidindo conhecer e investir nessas novidades para uma melhor produção. A agricultura de precisão se tornou indispensável para o produtor que pretende obter produtividade e com menos riscos de perda. Faz se importante também o planejamento, pois o mercado se tornou muito exigente ao longo dos tempos. A AP envolve várias ferramentas para o produtor obter um bom resultado em sua colheita, sendo desde a coleta de solos e folhas, uma adequada recomendação de adubos, controle de pragas e também um monitoramento correto por meios de imagens aéreas da lavoura, assim prevenindo contra risco de perda e auxiliando para um êxito na produção. Os conceitos utilizados no presente trabalho envolve principalmente as ferramentas do sensoriamento remoto, como a aplicação de imagens d satélite Landsat 8 e uso de software para cálculo do índice de vegetação em uma área cultivada com soja, criando mapas de variabilidade que apresenta desempenho da cultura em duas safras seguidas da mesma área.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS