Diâmetro De Caule Do Inhame Cultivado Com Composto De Caprinos E Coelhos Fertirrigados Com Biofertilizante

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agricultura

Acessos neste artigo: 10


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Isaac Lima Simões De Vasconcelos , Edimir Xavier Leal Ferraz , Roberto Elias Dos Santos , Irlándio De Sá Santana , João Paulo Pereira De Lucena , Raquele Mendes De Lira , Antônio Henrique Cardoso Do Nascimento

ABSTRACT
Objetivou-se com esse trabalho avaliar a influência de doses de biofertilizante via fertirrigação associada ao uso de composto orgânico a partir do esterco 
de caprinos e coelhos, sobre o diâmetro de caule do Inhame. O estudo foi conduzido na Unidade Acadêmica de Serra Talhada da Universidade Federal Rural de Pernambuco, utilizando-se o delineamento em blocos casualizados em esquema de parcela subdivididas (4X2), sendo utilizados 4 doses de biofertilizante (0, 30, 60 e 90 ml.planta-1) e dois tipos de compostos orgânicos (C1 = Composto produzido com esterco de caprinos; C2= Composto produzido com esterco de coelho); repetidos em 3 blocos totalizando 24 unidades experimentais. Analisou-se o diâmetro do caule aos 60, 90 e 100 DAP. Os dados foram submetidos a análise de variância pelo teste F a 5% de probabilidade e regressão para os resultados significativos. Constatou-se que as doses de biofertilizante e a interação com os compostos afetaram o diâmetro do caule, vericando-se comportamento linear decrescente e quadrático nas plantas adubadas com composto de coelho e caprino, respectivamente. 

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Carlos André De Souza Sá 05-05-2021 21:36:30

Bom trabalho! Texto bem alinhado, detalhes bem explanados. Muito interessante a resposta do inhame a partir do incremento das doses de adubo com esterco de coelho. Tabelas dos compostos bem detalhada. Como sugestão indicaria apenas descrever um pouco mais sobre a prática da fertirrigação realizada e para reflexão pergunto apenas se o composto a base de esterco de coelho permitiria um incremento mais satisfatório caso não houve-se o teor significativo de sódio, como detectado. Parabéns aos autores!