Impactos Econômicos Da Agropecuária (não) Sustentável: Uma Análise Do Acordo De Livre Comércio União Europeia - Mercosul

Temas: Economia agrícola


Certificados:
Não disponível

Acessos nesse artigo: 2


AUTORIA

Savio Mendonça De Sene , Erica Vieira Nogueira

ABSTRACT
Tendo em vista a importância do comércio Internacional para garantia da provisão e 
diversificação de mercadorias, aquecimento da economia e até mesmo aumento do produto 
interno bruto (PIB) dos países envolvidos, este trabalho almejou analisar a conjuntura acerca 
do Tratado de Livre Comércio entre Mercosul e União Europeia (UE), que é um acordo que
impacta diretamente nas normas de comercialização dos produtos do agronegócio brasileiro.
Para isso, foram utilizadas diversas fontes de pesquisas bibliográficas, como relatórios, 
documentos e artigos, além de dados referentes ao fluxo de comércio da Estatística de Comércio 
Exterior do Agronegócio Brasileiro (AGROSTAT). Primeiramente realizou-se um debate sobre como 
as transformações que pautaram a busca pela sustentabilidade social, econômica e ambiental
impactaram nas tomadas de decisões de governanças públicas e privadas a respeito de processos 
produtivos. Logo após foi descrito como se deu a formação dos principais acordos comerciais 
das últimas décadas, com enfoque para o Acordo de Livre Comércio entre União Europeia e 
Mercosul e como a atual conjuntura brasileira vem comprometendo sua ratificação. Por fim, 
foram explorados alguns documentos a respeito das normas do Acordo Comercial em questão 
e dados da pauta exportadora dos produtos do agronegócio brasileiro para a União Europeia, 
que mostraram que a ampliação de produtos brasileiros no mercado europeu representaria
significativas oportunidades e vantagens para o Brasil e impulsionaria promissores rumos para 
o desenvolvimento da economia brasileira

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Félix Capoco Bernardo 03-05-2021 13:10:36

Um excelente contributo da investigação no agronegócio!