BIOMASSA FOLIAR FORRAGEADA E NÍVEIS DE FORRAGEAMENTO DA FORMIGA CORTADEIRA Acromyrmex spp. (HYMENOPTERA: FORMICIDAE) EM PLANTIO DE Pinus taeda

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Entomologia

Acessos neste artigo: 7


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Ronaldo Maran Deliberali

ABSTRACT
Este trabalho teve o objetivo de avaliar a biomassa foliar forrageada e os níveis de forrageamento da formiga cortadeira Acromyrmex crassispinus sem utilizar o controle as formigas em mudas de Pinus taeda L. (Pinaceae) recém-plantadas. O experimento foi instalado em uma das áreas da Empresa Celulose Irani S/A no município de Ponte Serrada/SC. As avaliações foram realizadas no dia do plantio e aos 1, 5, 10, 15, 16, 104 e 218 dias após a instalação do experimento. A atividade externa de forrageamento ocorreu apenas no verão. A intensidade de dano após oito avaliações (218 dias) foi de 47,9065 g de biomassa foliar forrageada distribuída em uma frequência de 36 % de forragemento ocorrido no nível 1 (0 a 50% de forrageamento das acículas), 12 % no nível 2 (50,01 a 75%), 28 % no nível 3 (75,01 a 100%) e 24 % no nível 4 (100% de forrageamento das acículas mais o corte do meristema apical).

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Guilherme Garcia Vernier 09-04-2021 17:24:11

Parabéns ao autores, trabalho de grande importância.

Foto do Usuário Bianca Lima Ferreira 14-05-2021 17:48:21

Trabalho de grande importância. Bem escrito. Parabéns.