Percevejos em pomares de pitaya de Santa Catarina: Primeiro relato de Largus humilis atacando plantas do gênero Hylocereus

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Entomologia

Acessos neste artigo: 9


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Sabrina Angela Cassol , Marcelo Mendes De Haro , Alessandro Borini Lone

ABSTRACT
A pitaya, também conhecida como fruta-do-dragão, pertence, em sua maioria, aos cactos do gênero  Hylocereus. Nos últimos anos, o cultivo deste fruto no estado de Santa Catarina vem aumentado a cada ano, predominando em pequenas propriedades como diversificação de outras atividades ou mesmo como atividade principal. Dentre os principais entraves, por se tratar de uma cultura nova, mesmo ao nível de Brasil, pouco se sabe sobre os insetos associados à cultura. Sendo assim, objetivou-se esclarecer o agente causal dos danos causados em cultivos de pitaya de Santa Catarina, identificando a espécie e possíveis riscos da presença da mesma. Foram avaliadas plantas em pomares comerciais localizadas na região norte e sul de Santa Catarina. Durante as amostragens foi identificada pela primeira vez a espécie de percevejo Largus humilis (Drury, 1782) (Hemiptera: Largidae) atacando pitaya em Santa Catarina. Causa danos principalmente nos frutos em maturação, devido ao seu hábito sugador,  os mesmos apresentam cicatrizes originárias das puncturas, inúmeras pontuações que se tornam enegrecidas, formando uma cicatriz espessa e diminuindo seu valor de mercado. Além disso quando o ataque acontece em frutos em desenvolvimento ou botões florais pode haver murcha e consequente aborto da referida estrutura. Estes insetos podem também atacar brotações novas e brácteas, causando problemas de desenvolvimento.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Daiane Bernardi 14-04-2021 19:10:36

O reconhecimento precoce de pragas potenciais é de grande importancia, principalmente para culturas em acensão no estado de SC como a Pitaya. Como sugestão: O próximo passo é reconhecer o nível de Dano econômico desta praga.

Foto do Usuário Roberta Thiago 24-04-2021 21:43:39

Ao meu ver o tema apresentado é extremamente interessante e importante, visto que existem poucos estudos sobre o manejo de insetos-pragas da Pitaya no Brasil e esta vem mostrando-se um fruto bastante rentável. Quais são as principais táticas de manejo fitossanitário implementadas nessa cultura atualmente? Como sugestão, acredito que a apresentação de alguns dados numéricos enriqueceria ainda mais o estudo.