Comercialização De Frango In Natura No Mercado Municipal De Araripe, Ce.

Temas: Economia agrícola


Certificados:
Não disponível

Acessos nesse artigo: 2


AUTORIA

Francisco Ramon Da Cunha Alcantara , Jaiane Barbosa Evangelista Da Silva , Andre Luiz Teles Aguiar , Antônia Julliana Sarafim Bezerra , Paulo Jose De Moraes Máximo , Ailton Cezar Alves Da Silva

ABSTRACT
O agronegócio brasileiro, atualmente um setor de destaque para a economia nacional, onde a produção de carne de frango tem assumido participação crescente no comércio mundial de carnes. O presente trabalho tem por objetivo avaliar o potencial da venda e consumo da carne de frango in natura no mercado municipal de Araripe/CE. A pesquisa constou de um questionário, contendo perguntas objetivas e subjetivas, aplicado a 20 (vinte) comerciantes de frango alocados no mercado municipal da cidade. Os entrevistados foram escolhidos aleatoriamente no horário de pico de comercialização, entre nove e onze horas da manhã. A abordagem geralmente ocorria no momento em que o comerciante não estava atendendo o cliente. Sobre o perfil dos vendedores, a idade média é de 37 anos, maioria tem o ensino médio incompleto e não tem nenhum vendedor com graduação em cursos de nível superior. Os vendedores entrevistados comercializam o frango em boxes individuais e todos os comerciantes compram as aves de revendedores o que resulta em menor margem de lucro. Cerca de 50% dos vendedores afirmaram que a procura pelo frango tem aumentado no local. Um aspecto importante que merece ser citado em relação ao comércio no mercado municipal é que os boxes isolados, aqueles distantes do assim chamado pavilhão da carne, apresentam maior dificuldade na comercialização em relação aos demais. Pode-se concluir que o questionário ilustrou que a procura de frango in natura no mercado municipal de Araripe tem potencial de expansão e deve ser modernizado para potencializar as vendas no local e fidelizar cada vez mais os clientes.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Erica Vieira Nogueira 23-04-2021 01:32:17

O artigo foi escrito e desenvolvido de forma direta e estratégica. A pesquisa de campo foi uma ferramenta que aprimorou a inovação que o trabalho trouxe para a temática. Uma sugestão é discorrer de forma mais profunda quais as implicações dos resultados encontrados pela pesquisa.