Visita Ampliada x Visita Social: há diferenças no nível de conforto de familiares?

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Gestão de serviços de saúde

Acessos neste artigo: 3


Certificado de publicação:
Certificado de Lilianne de Oliveira Calazans

Certificado de participação:
Certificado de Lilianne de Oliveira Calazans

AUTORIA

Vivian Manuela Lima Dos Santos , Jessica Esteves Martins Boaventura , Isabelle Teixeira Dos Santos , Gabrielle Almeida Rios , Katia Santana Freita , Amanda Mota De Carvalho Lima , Lais Lima Dos Santos , Lilianne De Oliveira Calazans , Maryana Carneiro De Queiroz Ferreira , Patrícia Araújo Das Merces , Stefane Ellen Santana Santos , Vanessa Marcela Lima Dos Santos , Victor Araujo Dos Anjos

ABSTRACT
Trata-se de um estudo transversal que objetivou analisar comparativamente o nível de conforto de familiares da visita social e de familiares da visita ampliada de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os participantes foram 57 familiares de pessoas adultas que estavam em processo de hospitalização em uma UTI de um hospital público do interior da Bahia, sendo 22 familiares cadastrados na visita ampliada e 35 na social. Os mesmos, através de uma entrevista, responderam a um questionário sociodemográfico e, também, a Escala de Conforto para Familiares de Pessoas em Estado Crítico de Saúde – ECONF. Essa, por meio dos seus itens, visa medir o nível de conforto dos familiares de pessoas internadas na Unidade de Terapia Intensiva. A dimensão Suporte foi a única que sofreu diferença estatisticamente significativa, tendo como resultado o maior nível de conforto dos parentes inclusos na forma irrestrita de visita, além disso, os participantes desse grupo apontaram um melhor relacionamento com a equipe e acesso facilitado das informações a respeito do quadro de saúde do paciente. Assim, conclui-se que a visita ampliada é uma estratégia benéfica no contexto hospitalar, sendo um auxílio na terapêutica.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários

O artigo tem os objetivos válidos, contempla com a perspectiva a que se propôs pesquisar

O artigo tem os objetivos válidos, contempla com a perspectiva a que se propôs pesquisar

Foto do Usuário Maria Lúcia Silva Servo 09-02-2021 12:50:35

O artigo é interessante, bem elaborado, trata sobre a visita no contexto hospitalar como um auxílio na terapêutica e como benefício para os envolvidos no processo de internação, principalmente para os familiares. Mostra que os familiares de visita ampliada possuem maior nível de conforto que os da visita social, têm maior aproximação com a equipe, com o paciente e com a ciência acerca do tratamento do seu ente.