VIOLÊNCIA SEXUAL: UMA DAS INVISÍVEIS FACETAS DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Saúde da Mulher

Acessos neste artigo: 4


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível
AUTORIA

Laíse Luemmy De Lima Ferreira , Laura Dayane Gois Bispo , Beatriz Correia Carvalho , José Cleyton De Oliveira Santos , Luan Dos Santos Fonseca , Ana Caroline Rodrigues Lima

ABSTRACT
Objetivo: caracterizar o perfil sociodemográfico das vítimas de violência sexual e o agravo a partir das notificações registradas no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) nos anos de 2017 e 2018. Método: Estudo ecológico, descritivo e transversal. Os dados, coletados a partir do SINAN, foram referentes as seguintes variáveis: raça, faixa etária e escolaridade da vítima; ambiente da agressão, repetição da violência, presença de lesões físicas, encaminhamento para o setor de saúde e regiões brasileiras de ocorrência do agravo. Resultados e discussão: Verificou-se que a raça parda, de 10 a 14 anos de escolaridade entre a 5ª e a 8ª série caracterizam a maior parte das vítimas deste tipo de violência. Quanto aos aspectos relacionados aos casos, identificou-se baixa presença de lesões físicas, bem como repetição do agravo. O local de maior ocorrência foi a residência da vítima. Notou-se um número significante de campos ignorados em relação ao encaminhamento em saúde. A distribuição regional revelou o Sudeste como a região de maior ocorrência/notificação de casos de violência contra a mulher. Conclusão: A caracterização do perfil das vítimas femininas de violência sexual e do próprio agravo alcançada pelo estudo é crucial para o planejamento de cuidados relacionados à problemática, de modo a proporcionar a atenção sociopolítica e biológica em saúde mediante as variáveis de maior ocorrência, além de direcionar políticas públicas em saúde para contribuir com a diminuição de casos de violência sexual.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Ana Paula Medeiros 09-02-2021 12:50:35

Tema muito relevante. Notei que no resumo não foi incluída a introdução, o que seria importante (pelo menos uma frase). Sugiro que seja feita uma relação maior entre a revisão de bibliografia e os resultados, apontando se não concordantes ou discordantes.

Foto do Usuário Kahena Giullia De Deus Lopes 09-02-2021 12:50:35

Trabalho muito relevante e bem estruturado. Sugestão: Colocar introdução no resumo. Pergunta: Considerando-se que a maior parte da violência sexual ocorre no domicílio e a importância da educação sexual, como efetivar a lei de educação sexual nas escolas?

Foto do Usuário Daiana De Freitas Pinheiro 09-02-2021 12:50:35

Trabalho bem estruturado ,tematica muito relevante

Foto do Usuário Debora Trigo 09-02-2021 12:50:35

Artigo muito bom, de uma temática atual e de necessária discussão.

Foto do Usuário Rosa Candida Cordeiro 09-02-2021 12:50:35

Quanto a questão da parda . Parda usamos quando nos referimos a cor. Ou utiliza raça/cor ou cor parda. parda e pretas igual a raça negra.

Foto do Usuário Gisele A. Biondo Pietrafiesa 09-02-2021 12:50:35

Será preciso emprenho dos profissionais da saúde e gestores na condução de violência