RECÉM- NASCIDO COVID-19 POSITIVO: RETRATO DE UMA PANDEMIA

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Evidências científicas e relatos de experiência sobre Covid-19

Acessos neste artigo: 5


Certificado de publicação:
Certificado de Andresa Teixeira Santos Correia

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Andresa Teixeira Santos Correia , Iara Pires De Gino Tranzillo , Aylana Da Silva Garcia , Eliene Moreira Santos Santana , Silvia Silva Pereira Neto , Liliana Galdino Batista , Rondinelle Gomes De Figueiredo , Samilla Lima Alves Gusmao , Anna Gabrielle Soares Pires Cardoso , Aparecida Ramos De Almeida

ABSTRACT
Objetivo: descrever a experiência de atendimento a uma gestante com COVID-19, cujo Recém- nascido testou reagente IGM  e IGG , após 15 minutos do nascimento. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva, do tipo relato de experiência desenvolvido entre os meses de julho a agosto de 2020. Resultado: primigesta, sem comorbidades sabidamente reagente para covid 19, dá a luz a RN que testa reagente IGM e IGG após 15 minutos do nascimento, após 22 dias de nascimento ainda apresenta IGM e IGG reagente em teste rápido, apresentou como sintomas coriza e congestão nasal, posteriormente com 28 dias de nascido tem sorologia reagente IGG e não reagente IGM. Discussão:  existia dúvida em relação à transmissão vertical da COVID-19, uma vez que tal mecanismo não foi demonstrado nos dois outros coronavírus patogênicos, SARS-CoV e MERS-CoV. No entanto, países como França e EUA conseguiram comprovar a transmissão. Conclusão: Fica evidente com esse relato de experiência que ainda são poucos casos de transmissão vertical relatados no mundo. Tendo em vista que o vírus foi recentemente descoberto e que ainda são poucos os estudos sobre o tema, os protocolos e recomendações sofrem mudanças constantes. Enfatiza-se diante disso, a relevância da manutenção de contínua atualização técnico científica.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Darla Tormen 09-02-2021 12:50:35

Excelente relato de caso, importantíssimo para maiores estudos. Parabéns.

Foto do Usuário Ronaldo Antonio Da Silva 09-02-2021 12:50:35

O estudo apresenta muita relevância científica, sobretudo para a prática clínica. O caso apresentou detalhes quanto a informações do parto e nascimento. Como sugestão, os autores poderiam detalhar as condições, rotinas e equipamentos utilizados pelos profissionais de saúde no atendimento ao parto e nos primeiros cuidados prestados ao RN. Senti falta também de referências importantes, quando aos casos neonatais descritos na China e Itália. Parabenizo os autores pela importante publicação.

Foto do Usuário Ana Carolina Santana Jardim 09-02-2021 12:50:35

Trabalho com tema bem atual e principalmente trazendo um assunto que está em grande debate infecção intrauterina do COVID19, agregando conhecimento para os profissionais da saúde.

Foto do Usuário Paula Fernandes Santos 09-02-2021 12:50:35

Artigo muito completo e relevante para a realidade atual.

Foto do Usuário Leidiane Moreira Alves 09-02-2021 12:50:35

Tema relevante diante do contexto da pandemia. O artigo descreve a realização do teste rápido no recém-nascido,porém, conforme protocolo do Ministério da Saúde a orientação é coleta do SWAB após 48 h de vida. Sugiro descrever porque não seguiu essas orientações. A discussão do caso poderia ser mais explorada em comparação aos estudos já existentes sobre transmissão vertical.