DESENVOLVIMENTO E ANÁLISE SENSORIAL DE UM MUFFIN SAUDÁVEL

Temas: Educação Física, Nutrição, Fisioterapia e áreas afins na Gestão, Educação e Promoção da Saúde


Certificados:
Não disponível

Acessos nesse artigo: 3


AUTORIA

Géssica Cristina Da Veiga , Dauana Salete Rosa Patel , Juliana Lazarotto Hartman

ABSTRACT
Preparações de fácil preparo e baixo custo são importantes para auxiliar na construção de hábitos saudáveis. A substituição de ingredientes menos saudáveis por outros de maior valor nutritivo sem comprometer o sabor, é de grande valia para a saúde. Os ingredientes utilizados no desenvolvimento dos muffins foram escolhidos de acordo com o valor nutricional, acesso em nossa região e sabores que combinaram quando colocados na mesma preparação. A banana é uma fruta saudável, saborosa e nutritiva, rica em ácido fólico, fibras, potássio e vitamina B. A chia é fonte natural de ácidos graxos ômega-3, fibras e proteínas, e oferece um potencial na indústria de alimentos devido aos seus componentes funcionais. Os efeitos positivos do consumo de fibra alimentar estão relacionados à velocidade do trânsito intestinal, efeitos positivos sobre o pH do cólon e a produção de subprodutos com importante função fisiológica. A ingestão de fibras reduz os níveis séricos de colesterol, melhora a glicemia em pacientes com diabetes, reduz o peso corporal e foi associado com menores níveis séricos de proteína C reativa ultrassensível. O objetivo do estudo foi desenvolver um produto alimentício de fácil preparação, rico em fibras e voltado à todas as faixas etárias. Os ingredientes utilizados na produção dos muffins foram: banana, açúcar mascavo, aveia em flocos, canela, castanha-do-Brasil, chia, chocolate meio amargo, fermento químico em pó, leite, linhaça dourada e ovo. Foram preparados e assados em forno à 180 graus Celsius (°C). Para avaliação as características e atributos do produto foi realizada análise sensorial com escala hedônica de 9 pontos (indo de “gostei extremamente” até “desgostei extremamente”) com 13 provadores não treinados, na Faculdade de Pato Branco – FADEP. O produto foi caracterizado com as opções “gostei extremamente” e “gostei muito”, demonstrando que foi bem aceito pelos provadores. O produto possui potencial na indústria, avaliando que o consumo de alimentos prontos está em constante aumento, assim como o interesse por alimentos com apelo mais saudável. De acordo com os dados obtidos na análise sensorial e avaliando os ingredientes que foram utilizados para a formulação dos muffins, pode-se nomeá-los integrais, pois a maior parte dos ingredientes foram mantidos com suas características originais e pode-se concluir que é uma boa opção de lanches intermediários analisando a composição nutricional dos ingredientes que foram utilizados, podendo ser consumidos por diferentes públicos.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários

qual a idade dos avaliadores? Tema interessante voltado para a adesão de hábitos de vida saudáveis

Foto do Usuário Yasmin Thomaz Lopes 09-02-2021 12:50:35

Interessante abordar a alimentação saudável. Minha sugestão é que fossem abordadas as principais diferenças entre o produto desenvolvido e os produtos industriais semelhantes. Os participantes avaliaram se estariam dispostos a tentarem uma alimentação mais saudável após a análise sensorial?