EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO EM SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA DO PET-SAÚDE INTERPROFISSIONALIDADE

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Educação, formação e treinamento em saúde

Acessos neste artigo: 3


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Monise Queiroz Brito De Souza , Sheila Dos Santos Silva , Cíntia Da Silva Souza , Matheus Sousa Santos , Jacqueline Oliveira Freitas , Tyson Andrade Miranda , Rodrigo Narciso De Novais , Neuza Santos De Jesus Silva , Jamiley Dias Santana Moreira Gomes , Maria Da Conceição Dos Santos Oliveira , Tatiane De Oliveira Silva Alencar , Silvania Sales De Oliveira , Maíra Moreira Peixoto Coelho

ABSTRACT
RESUMO

Objetivo: Relatar as experiências das oficinas temáticas realizadas pelo PET-Saúde Interprofissionalidade, analisando a relevância dessa estratégia para a formação e o trabalho em saúde. Método: Trata-se de um relato de experiência das ações relacionadas às oficinas temáticas desenvolvidas no PET-Saúde Interprofissionalidade, no período de abril de 2019 a abril de 2020. Resultados: Foram realizadas seis oficinas pelo PET-Saúde interprofissionalidade: Aprendizagem Significativa e Organizadores Prévios, Formação sobre determinantes sociais do processo saúde-doença, Diretrizes curriculares e interprofissionalidade nos cursos de saúde da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Metodologias Ativas, Prescrição racional de medicamentos no SUS e Simulação de papeis. De forma dinâmica, as oficinas têm reforçado e demonstrado, na prática, como fortalecer os laços entre a educação interprofissional e a formação profissional, baseando-se nas experiências vivenciadas e descobertas a partir das práticas colaborativas. Conclusão: O processo de mudança na lógica do trabalho em saúde, deve levar em consideração o desenvolvimento das competências individuais e coletivas de cada profissão. A utilização das oficinas, como estratégia pedagógica no PET-Saúde Interprofissionalidade, permitiu entender que a Educação Interprofissional serve de alicerce para o fortalecimento do cuidado colaborativo, bem como na formação do estudante e sua inserção como trabalhador no campo da saúde de modo aprimorado. Além disso, cabe ressaltar que as metodologias ativas utilizadas durante as oficinas, foram determinantes para fortalecer a produção de conhecimentos e agregar valores no processo de ensino-aprendizagem dos integrantes. 

Descritores: Educação interprofissional; Oficinas; Metodologias ativas; PET-Saúde interprofissionalidade.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Ana Paula Paiva 09-02-2021 12:50:35

O estudo apresenta relevância e possui um percurso metodológico bem delimitado. Por meio de cinco oficinas os autores trabalham a interprofissionalidade de forma prática através da experiência desenvolvida no PET-Saúde. Abordam o uso das metodologias ativas de ensino como proposta pedagógica que torna o estudante ativo no processo de aprendizagem. Os autores relataram de forma didática os aspectos positivos, assim como as dificuldades encontradas no trabalho em equipe, deixando explícito como essa experiência pode ser rica para o fortalecimento de conhecimentos técnicos e pessoais. O trabalho foi bem estruturado, demonstrando boa coesão e coerência, trazendo clareza acerca dos objetivos pré-estabelecidos. Não há sugestões significativas a serem apontadas. Pergunta: Qual foi a maior dificuldade encontrada na realização das oficinas?

Foto do Usuário Ana Maria Gomes Dos Santos 09-02-2021 12:50:35

Parabéns pelo trabalho de grande relevância para reflexão dos profissionais no trabalho interprofissional. Diante das oficinas desenvolvidas, qual o maior desafio encontrado nos profissionais para desenvolver o trabalho de forma interprofissional.

Foto do Usuário Joao Agostinho Neto 09-02-2021 12:50:35

A formação em serviço permite ao futuro profissional, a experimentação das relações e processos de trabalha e resolução de problemas reais. O PET tem essa grande potencialidade no compromisso de formar profissionais críticos e capazes de transformar a realidade.