DESEMPREGO ENTRE JOVENS NO BRASIL

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Terceiro Setor e Responsabilidade Social

Acessos neste artigo: 4


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível
AUTORIA

Estefana Da Silva Stertz , Claudia Aline De Souza Ramser , André Willms , Paola Maciel , Juliete Dos Santos , Vanessa Cortez Da Silva , Vinicius Norberto Ramser Krieger

ABSTRACT
O presente trabalho busca pautar a causa do desemprego que acarreta a maioria dos jovens. Assim tem por objetivo analisar o desemprego entre jovens no Brasil, procurando identificar as causas e motivos para o desemprego dos jovens, e o porquê representa um índice de desemprego maior ao dos adultos/idosos, e analisar as possíveis chances de ingresso no mercado de trabalhado Para alcançar os objetivos utilizou-se pesquisa bibliográfica. Como resultado destacou entre outros fatores a crise econômica, inovação tecnológica também impedem a ingressão do jovem no mercado de trabalho, o que é evidente no início de 2018.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Marly Dos Santos Alves 09-02-2021 12:50:35

.Sugestão: Mudar o objetivo para: analisar os fatores que impedem os jovens de ingressar no mercado de trabalho. Metodologia: pesquisa bibliográfica documental ( buscou-se dados referentes ao desemprego no Brasil, no site do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, 2014). Pergunta: qual a faixa etária dos sujeitos da pesquisa?

Foto do Usuário Alice Neves Scholze 09-02-2021 12:50:35

O tema do artigo é relevante, aborda um problema que tende a ser acentuado cada vez mais devido a demanda de mão de obra qualificada, porém, acredito que faltou explanar melhor o assunto. O texto esta com trechos repetitivos, o que atrapalha a fluidez da leitura.

Foto do Usuário Gabriela Cristina Gomes Siqueira 09-02-2021 12:50:35

O tema é muito relevante e a fundamentação teórica esta bem escrita, porém senti falta de maiores explicações sobre a metodologia adotada.

Foto do Usuário Helbert Geraldo Da Silva 09-02-2021 12:50:35

O tema é de extrema importância, mas carece de pesquisa realista. Por exemplo: por que e como a Europa e a França se tornaram a mais surpreendente "fábrica de desempregados" do mundo ( segundo a economista, professora universitária e membro do Conselho de Análise Econômica - Béatrice Majnoni ) ? Publicações como o FIM DO EMPREGO, merecem atenção. O impedimento legal do trabalho para menores, é uma outra questão. Radicalizando: por que uma criança, um adolescente com menos de 17 anos de idade pode atuar em filmes, shows, novelas, etc. sem nenhuma restrição ? Não é trabalho remunerado? E quantas crianças e adolescentes com menos de 18 anos trabalham em diversas atividades espurias subjugados por familiares e/ou outros adultos. Por que crianças e adolescentes são subjugados pelo tráfico e pelo crime ? A questão do desemprego dos jovens é uma questão familiar, social, econômica e política ( sem politicagem ). Outro problema crucial são as universidades, desconhecem o mercado de ocupação profissional e "formam" jovens e adultos para serem empregados em um mercado saturado de antigas profissões, carentes de atualização, "repletos" de conhecimentos acadêmicos fora da realidade e ignorantes do novo saber. Estão iludindo os jovens com "programas" universidade para todos, ocupando o tempo, sem a devida responsabilidade com a qualidade do ensino e sua prática empreendedora. O estágio, quando obrigatório, é apenas cumprido, não existe um programa embasado no conhecimento e realidade práticos e na experiência profissional do supervisor. As empresas e outras organizações não sabem e não reconhecem a importância do estágio. Os valores de consumo que estão impregnando nos jovens é um absurdo, é divisor de classes e ostensivo. O "trabalho" para jovens de ambos os sexos deveria começar em casa, fundamentados na responsabilidade, respeito, atribuições, dignidade, valor e confiança. Por que os jovens não querem aprender com os adultos experientes, mestres e tutores ? O desrespeito aos docentes no ensino fundamental, médio, universitário, pós-graduação, mestrado e doutorado é evidente. Por exemplo: comprar uma tese é desrespeito ou não? A questão de desemprego dos jovens no Brasil é holística e complexa, tem por referências DIGNIDADE e falta de conceito atualizado: não é emprego é OCUPAÇÃO PROFISSIONAL.