EMPREENDEDORISMO FEMININO: REFLEXÕES SOBRE A MULHER E SEU PAPEL NOS EMPREENDIMENTOS DO SÉCULO XXI

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Empreendedorismo e inovação

Acessos neste artigo: 7


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Angélica Carina De Andrade Farias Lima , Lara Morganna Ferreira De Oliveira , Amanda Raquel De França Filgueiras D´amorim , Ramon Schnayder De França Filgueiras D Amorim , Uthania De Mello França

ABSTRACT
Ao longo dos anos, a mulher vem ganhando espaço no mercado de trabalho e conquistado papel central na economia enquanto empreendedora. Diferente do que acontecia nos costumes antigos, nos quais a figura feminina era restrita a ser dona de casa e mãe, hoje a mulher inova ao abrir seu próprio negócio e luta diariamente para gerenciar e equilibrar sua vida pessoal, profissional e emocional. O objetivo desse estudo é realizar uma revisão sistemática de literatura que venha a discutir o papel das mulheres no empreendedorismo do século XXI. Foi realizada uma pesquisa nas bases de dados SciElo e CAPES com a combinação de alguns critérios, entre eles foram utilizados artigos em língua portuguesa, que abordassem a temática empreendedorismo feminino destacando o papel das mulheres, que foram publicados nos últimos 10 anos. Além disso, foram desconsiderados os artigos pagos, revisões bibliográficas de todos os tipos, artigos que faziam comparações entre negócios dirigidos por mulheres e por homens, artigos duplicados, artigos que tratavam apenas de questões femininas sem abordagem administrativa e trabalhos escritos em outros países. Assim, ao final foram selecionados sete artigos para serem analisados. Foi possível perceber que a mulher exerce papéis multitarefas em sua realidade no atual século. No entanto, isso não as impede de gerir seus negócios, estando sempre empoderadas, motivadas, perseverantes, resilientes, capazes de inovar e de propor melhorias constantes para o desenvolvimento e crescimento de seus empreendimentos, como pode ser evidenciado no estudo de Jonathan (2011) e no estudo de Ferreira e Nogueira (2013). Percebeu-se que a mulher, em sua caminhada empreendedora, necessitou vencer esforços, como manter seu papel de mulher, mãe, dona de casa, esposa e empreendedora, e assumir características próprias, como proatividade, resiliência e perseverança, para desempenhar seu papel multitarefas para garantir seu espaço no mercado de trabalho. Espera-se que a presente pesquisa possibilite a facilitação na compreensão, para pesquisadores interessados, desta área de produção de conhecimento sobre a mulher, o empreendedorismo feminino e múltiplas faces que esses dois núcleos podem se entrelaçar para gerar novas pesquisas a fim de se estudar mais profundamente a figura feminina, o mundo em que vive, suas necessidades e os desafios enfrentados por elas no desenvolvimento de seus papéis.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Denise Teresinha Almeida Marcon 09-02-2021 12:50:35

Numa análise perfunctória eu diria que o tema é bastante relevante, porém falta uma conclusão clara dos objetivos da pesquisa.

Trabalho dentro das normas e bem escrito com resultados claros. Sugiro revista.

Foto do Usuário Manuelle Cristine Silva 09-02-2021 12:50:35

Trabalho dentro das normas e bem escrito com resultados claros. Sugiro revista.

Foto do Usuário Eclislainy Barbosa Rodriguealves 09-02-2021 12:50:35

Trabalho dentro das normas e bem escrito com resultados claros. Sugiro revista.

Foto do Usuário Luciene Laranjeira Diniz 09-02-2021 12:50:35

Trabalho dentro das normas e bem escrito com resultados claros. Sugiro revista.

as normas e bem escrito com resultados claros. Sugiro revista.